Política Terça-feira, 17 de Novembro de 2020, 10:00 - A | A

Terça-feira, 17 de Novembro de 2020, 10h:00 - A | A

SEGUNDO TURNO

Propaganda eleitoral de Emanuel e Abílio volta na sexta-feira

THAYS AMORIM
DA REDAÇÃO

A propaganda eleitoral gratuita na TV e no rádio dos candidatos à prefeitura de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) e Abílio Júnior (Podemos) retorna na próxima sexta-feira (20). Os candidatos disputam o segundo turno, que será decidido nas urnas no dia 29 de novembro.

Reprodução

abilio e emanuel

 

Segundo o calendário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a propaganda começa no dia 20 e termina no dia 27 de novembro, dois dias antes da eleição. Depois das 17h desta segunda-feira (16), os candidatos ao segundo turno poderão utilizar amplificadores e auto-falantes de som, comícios e distribuir material gráfico, fazer caminhada, carreatas e passeatas.

Os candidatos à prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Podemos) e Emanuel Pinheiro (MDB) disputam o segundo turno da eleição municipal. No primeiro turno, Abílio teve 90.631 mil votos (33,72%), enquanto Emanuel ficou em segundo lugar com 82.367 mil votos (30,64%), segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral.

A campanha entre os candidatos foi marcada por desavenças e ataques. De oposição, Abílio já trocou ofensas com Emanuel diversas durante sua propaganda eleitoral gratuita, como colocar um ator contando notas de R$ 100 reais, se referindo ao adversário. Já Emanuel vinculou Abílio à madrasta, acusada de ser funcionária fantasma da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, Emanuel gastou no 1º turno R$ 4,7 milhões e possui R$ 1,4 milhão arrecadado. Já Abílio Júnior gastou R$ 332 mil em sua campanha, com um total de R$ 411 mil arrecadados. Durante o segundo turno, os candidatos possuem um limite legal de gastos de R$ 4,1 milhão, enquanto no 1º turno os candidatos podiam gastar até R$ 10,2 milhões.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros