Política Domingo, 17 de Abril de 2011, 22:41 - A | A

Domingo, 17 de Abril de 2011, 22h:41 - A | A

RECOMEÇO

Leitão assume diretório do PSDB exigindo lealdade dos tucanos

Acreditando que recuperará mandato de deputado federal, Nilson Leitão diz que PSDB não é sigla de aluguel, e que não vai admitir que membros do partido sigam orientaçãod e líderes de outros partidos

Mayke Toscano/Hipernotícias
Tucanos tentam recomeçar em Mato Grosso, e nova direção adverte que não aceitará trairagem
Com um discurso que prega que o PSDB deixe de ser um partido de aluguel e seja mais rígido quanto ao cumprimento das diretrizes da legenda, o ex-prefeito de Sinop Nilson Leitão foi eleito na manhã deste domingo [17] o novo presidente do PSDB de Mato Grosso.

“É como uma empresa que tem suas regras, não vamos caçar as bruxas, mas quem não cumpri-las vai ser penalizado. Hoje, por exemplo, na Cidade A o PSDB é ligado a um líder político do partido B, ou seja, não é do PSDB, e isso não vamos mais aceitar”, disse, já empossado, reforçando a importância de se uniformizar o discurso e de sustentar como partido de “oposição consciente”.

Leitão salientou que quanto às migrações de lideranças tucanas para outras siglas, como o PSD que está sendo criado, a direção do PSDB não pode segurar qualquer militante, “a não ser por ideologia”.
O deputado estadual Guilherme Maluf, pré-candidato tucano à prefeitura de Cuiabá e presidente municipal do PSDB de Capital, pediu à nova direção do estadual que não impeça e nem puna aqueles que queiram deixar o partido, a fim de fazer “uma depuração”.

O discurso interno também deve ser uniformizado, afirmou Nilson Leitão, o que significa dizer que assuntos polêmicos como Saúde Pública, não poderão ter opiniões diferentes dentro do partido de um município para outro.

PSD

O ex-prefeito de Sinop minimizou as investidas do deputado José Riva [ainda no PP] para fortalecer o PSD em Mato Grosso, para poder fundar a nova sigla no Estado. Lideranças tucanas já teriam adiantado interesse em acompanhar Riva.

“Ele me disse realmente que o prefeito de Rondolândia, do PSDB, estaria indo com ele, mas eu encontrei o prefeito aqui no encontro e ele me disse que não. Acho que não vai afetar em quase nada não ao nosso partido”, disse.

2012

Além de Guilherme Maluf, em Cuiabá, a sigla tucana promete trabalhar candidaturas próprias nas cidades pólos do Estado, como Rondonópolis, onde o ex-governador Rogério Salles já se declarou pré-candidato.

Porém, em Sinop, o PSDB tende repetir aliança com o DEM, já que o próprio Leitão dá como certa a ida dele para a Câmara Federal, em detrimento do deputado Ságuas Moraes [PT]. Ambos travam na Justiça uma batalha pela oitava vaga de Mato Grosso na Câmara, percalço surgido ainda em 2010 depois da anulação dos efeitos da Lei da Ficha Limpa para os eleitos no ano passado.

Há uma grande possibilidade, com a ida de Leitão para Brasília, de PSDB e DEM trabalharem em torno do nome do ex-deputado democrata Dilceu Dal Bosco.

“Ver o Nilson lá em Brasília representa muito para nossa região e ainda reforça nossa idéia de reeditar a aliança que temos feito nos últimos anos”, declarou Dilceu, ao admitir já ter manifestado interesse pela disputa a prefeito.

ESTRANHO NO NINHO

Mayke Toscano/Hipernotícias
Pedro Henry, que já foi do PSDB, foi o estranh no ninho no encontro tucano
O evento tucano contou com as presenças de todas as lideranças do PSDB de Mato Grosso, como a da ex-deputada Thelma de Oliveira, que passou o comando do Diretório Estadual a Nilson Leitão. A surpresa ficou por conta do progressista Pedro Henry, atual secretário de Saúde de um governo ao qual o PSDB faz oposição.

Henry disse ter sido convidado pelo próprio novo presidente e pelo deputado estadual Guilherme Maluf, a quem o pepista agradeceu pelo apoio recebido à implantação do sistema de Organizações Sociais, como novo modelo de gestão da Saúde Pública do Estado, medida adotada e que deve ser colocada em prática em Mato Grosso a partir de agora.

COMPOSIÇÃO

O novo diretório estadual tucano em Mato Grosso ficou assim formado:

Nilson Leitão – Presidente
Rogério Salles - 1º Vice-Presidente
Wilson Santos - 2 º Vice- Presidente
Ussiel Tavares – Secretário Geral
Permínio Pinto - Tesoureiro

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros