Política Quarta-feira, 29 de Junho de 2022, 16:00 - A | A

Quarta-feira, 29 de Junho de 2022, 16h:00 - A | A

RISCO DE ATIVIDADE

Legislativo de Mato Grosso autoriza porte de arma a advogados, caçadores e atiradores esportivos

Projetos de lei serão remetidos ao Executivo para sanção ou veto

RAFAEL COSTA
Da Redação

Imagem da Internet

image

Imagem da Internet

A Assembleia Legislativa aprovou em definitivo, nesta quarta-feira (29), dois projetos de leis que facilitam o porte de arma em Mato Grosso.

De autoria do deputado estadual Ulysses Moraes (PTB) e subscrito pelos deputados estaduais Gilberto Cattani (PL) e Xuxu Dal Molin (União Brasil), reconhece o risco da atividade dos Caçadores, Atiradores Esportivos e Colecionadores integrantes da entidade de desporto (CACs) permitindo, assim, o porte de arma às categorias.

Os únicos votos contrários foram registrados pelos deputados estaduais Wilson Santos (PSD) e Lúdio Cabral (PT).

Outro projeto de lei que trata de armamento que também foi aprovado em definitivo é do deputado estadual Faissal Calil (Cidadania). A lei reconhece o risco da atividade profissional exercida pelos advogados e autoriza o porte de arma à categoria.

O líder do governo, deputado estadual Dilmar Dal Bosco (União Brasil), criticou a aprovação de ambos os projetos de lei, afirmando que abre brechas para uma generalização do porte de armas de fogo. “Se assim for, teremos que reconhecer o risco da atividade dos médicos e outras tantas categorias”, disse.

Por outro lado, o deputado estadual Gilberto Cattani declarou que a Assembleia Legislativa deve se debruçar a respeito de propostas que ampliem o porte de arma de fogo, principalmente para aqueles que detêm propriedades rurais no interior de Mato Grosso. 

“Nós precisamos discutir e aprovar leis que facilitem o posse e porte de arma ao pequeno e médio produtor que precisa para defender sua propriedade e também a família”, pontuou.

Agora, ambos os projetos de lei serão remetidos ao Poder Executivo. Caberá ao governador Mauro Mendes (União Brasil) a responsabilidade de sancioná-los ou vetá-los.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

José Carlos Dolce 01/07/2022

Temos que defender nosso patrimônio e nossas famílias. Tem caso em Chapada que assaltaram a mesma propriedade rural duas vezes esse ano, fazendo reféns uma família inteira sob ameaça e sob tortura. Porque não tinha arma na propriedade pra defender.

Benedito Rubens de Amorim 01/07/2022

Pode deixar que eu vou fazer de tudo pra que v Excia passe no exame de ordem e como bacharel em direito vire advogado e tenha este direito

Benedito Rubens de Amorim 01/07/2022

Pode deixar Dep est Wilson Santos bacharel em direito vou fazer de tudo pra que v Excia passe no exame de ordem e torne advogado pra ter este direito. Mas não te dá o direito de ser contra a categoria de riscos como está atualmente aos criminalistas ou não..

Rogério Barbosa Queiróz 01/07/2022

Enquanto o cidadão de bem luta luta de todas as formas para ter o direito a porte de arma, assaltantes e traficantes portam armas livremente. Político nenhum vai querer dar essa liberdade ao cidadão quando se tem receita oriundo de corrupção (o que rege dinheiro a eles).

José Antônio Scarpim 30/06/2022

Tenho meu CR.. sócio de clube de tiro. Precisamos do porte.parabens.

5 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros