Sábado, 18 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

Política Quinta-feira, 02 de Junho de 2016, 15:31 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quinta-feira, 02 de Junho de 2016, 15h:31 - A | A

ELEIÇÃO DA MESA

Grupo de Pinheiro se mantém unido e mira apoio dos independentes na Assembleia

FERNANDA ESCOUTO

O deputado Emanuel Pinheiro (PMDB) garante que mantém unido o grupo de nove deputados que o apoiam como candidato a presidente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

 

Alan Cosme/HiperNoticias

emanuel pinheiro

Pinheiro diz que mantém unido seu grupo de apoiadores

Nos bastidores a informação é de que os parlamentares aliados ao peemedebista estariam sendo aliciados pela chapa concorrente, liderada pelo atual presidente da Casa de Leis, deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB).

 

Até mesmo o candidato a primeiro-secretário do grupo de Pinheiro, Oscar Bezerra (PSB), teria sido convidado em uma reunião com diversos colegas de parlamento para ser candidato na chapa do tucano. Bezerra teria negado a proposta.

 

“A nossa parceria continua de pé e é inabalável. Começamos juntos esse processo. Estamos firmes e ele é meu primeiro-secretário”, afirma Pinheiro quando questionado sobre o convite do adversário a Bezerra.

 

Para Pinheiro, os convites fazem parte da articulação política dentro do processo eleitoral da Casa. “Ninguém pode evitar”, avalia.

 

O próprio Oscar, por sua vez, afirma que a viabilidade da chapa com Emanuel Pinheiro é cada vez maior, mas avisa que, se o projeto não se concretizar, ele ou Emanuel podem ceder e participar de outra chapa. "Se não viabilizar os 12 ou 13 que precisamos para ganhar, obviamente eu ou ele devemos ceder a outros acordos", confirma.

 

Com nove deputados aliados, o grupo de Pinheiro agora busca aproximação com o quinteto independente na Casa de Leis, composto por Max Russi (PSB), Sebastião Rezende (PSC), José Carlos do Pátio (SD), Wancley Carvalho (PV) e o deputado Pery Taborelli (PSC). 

 

Os bastidores também contam que o grupo de Maluf, considerado o candidato com maior aceitação e apoio do Palácio Paiaguás, estaria dividido: o atual vice-presidente, Eduardo Botelho (PSB), deseja ser candidato ao cargo máximo na Casa de Leis, o que choca com os planos de reeleição de Maluf. Além disso, o atual primeiro-secretário Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD), estaria insatisfeito com algumas decisões da Mesa e com o relacionamento com o Executivo. 

 

"Eu não vejo uma facilidade no outro grupo em conseguir fazer um consenso. E a cada dia que passa, com o desgaste do governo, nossa chapa tende a crescer ainda mais", avalia a deputada Janaína Riva (PMDB), também aliada ao grupo de Pinheiro. 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros