Quarta-feira, 24 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,59
euro R$ 6,07
libra R$ 6,07

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,59
euro R$ 6,07
libra R$ 6,07

Política Quarta-feira, 24 de Agosto de 2022, 19:06 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 24 de Agosto de 2022, 19h:06 - A | A

ELEIÇÕES 2022

Emanuel sai de férias na segunda-feira para coordenar campanha da primeira-dama

Emedebista vai se afastar do cargo num período de 30 ou 40 dias. Assume interinamente a prefeitura o vice José Roberto Stopa

ALEXANDRA LOPES
Da Redação

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), informou, nesta quarta-feira (24), que a Procuradoria Geral Município (PGM) deliberou que o afastamento dele do Palácio Alencastro se dará por meio de férias. O emedebista vai se afastar do cargo num período de 30 ou 40 dias, para efetivamente coordenar a campanha eleitoral da esposa, a candidata ao Governo, Márcia Pinheiro (Fe Brasil – PT, PV e Pcdob). 

Segundo o gestor, o vice José Roberto Stopa (PV) assumirá a interinamente a Prefeitura a partir da próxima segunda-feira (29).

A licença do prefeito havia sido informada inicialmente para o dia 15 deste mês. Porém, a PGM barrou o ato para analisar a situação do prefeito, que ainda tinha férias em a ver. De acordo com Emanuel, ele ainda tem o direito de tirar 135 dias de férias. Explicou que acabou gozando somente de 15 dias no início do ano, quando tentou viabilizar candidatura de oposição ao governo de Mauro Mendes (UB), lembrando até que o candidato à reeleição, senador Wellington Fagundes (PL), era um dos principais cotados. Nessa linha, Emanuel alfinetou Wellington dizendo que não esperava essa “presepada” do senador liberal, que se uniu a Mauro.

“A Procuradoria Geral do Município já me orientou. Vou tirar férias. Tenho 135 de férias para tirar. Vocês deviam me homenagear. Cinco anos de mandato e eu só tirei 15 de férias, quando tentei viabilizar minha candidatura ao governo e quando recebemos uma surpresinha do senador Wellington Fagundes. u acho que a princípio vou tirar a 30 a 45 dias”, informou o prefeito.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros