Quinta-feira, 23 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,15
euro R$ 5,58
libra R$ 5,58

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,15
euro R$ 5,58
libra R$ 5,58

Política Quinta-feira, 16 de Maio de 2024, 11:18 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quinta-feira, 16 de Maio de 2024, 11h:18 - A | A

ATUAL LÍDER DE MAURO

Dilmar revela intenção de pleitear primeira secretaria da AL caso seja nome de consenso

Deputado destacou que articulações em nome do governo o deixaram de fora da mesa diretora há duas legislaturas, mas que aguarda convite da chapa

CAMILA RIBEIRO
Da Redação

O líder do governo Dilmar Dal Bosco (UB) revelou seu interesse de concorrer à cadeira de primeiro-secretário da mesa diretora da Assembleia Legislativa (ALMT). O deputado estadual destacou que não compõe a mesa há duas legislaturas e afirmou estar disposto a assumir o pleito, caso seja o nome de consenso do partido. 

A vice-presidente da AL, Janaina Riva (MDB), é ventilada para o cargo na chapa com Max Russi (PSB) à presidência. Até o vice-líder do governo, Beto Dois a Um (UB), foi cotado, mas recuou. Para não protagonizar uma disputa nos bastidores, Dilmar disse que essa conjectura também precisa ser dialogada entre os blocos. 

"Temos que colocar numa mesa com os líderes de bloco para a gente avaliar quem é o nome melhor. Estou desprovido de qualquer vaidade para qualquer cargo. A questão de participação aqui é questão partidária. Tenho que analisar, colocar na mesa e discutir com todo mundo", falou Dilmar Dal Bosco à imprensa. 

"Tenho interesse de partição da mesa. Tem duas ou três legislaturas que não participo de nada da mesa. Mas tenho que ter consciência em ter um diálogo e não ter disputa dentro da Assembleia", completou o líder do governo. 

Janaina sinalizou a Dilmar o interesse em se manter na mesa diretora. Ela abriu mão de pleitear a presidência para que Max Russi assuma a cadeira. Já Beto não chegou a conversar com Dilmar sobre suas intenções. 

"Quem estava no comentário era a Janaina e, depois, ouvi comentário do Beto, que nunca tivemos conversa. Mas tudo isso é discussão", frisou. 

Dal Bosco foi além, expondo que até a própria presidência da Casa de Leis está em seu radar. No entanto, ele diz estar focado em suas funções de líder do governo e só concorreria a uma das cadeiras se fosse feito um convite pelo cabeça de chapa, Max Russi, endossado pelos demais companheiros de plenário e partido. 

"Se fosse eu o convidado pelo Max, Janaina, Botelho, Beto e Júlio, lógico que aceitaria, mas tenho que buscar o balizamento de aprovação de lei e não ter interrupção do meu trabalho, representando o governo dentro da Assembleia. Lógico que gostaria. Gostaria até de ser o presidente. Seria uma honra muito grande ser primeiro secretário, mas tenho que respeitar a todos e ter essa discussão", explicou Dal Bosco.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros