Política Segunda-feira, 07 de Novembro de 2011, 17:22 - A | A

Segunda-feira, 07 de Novembro de 2011, 17h:22 - A | A

MACHISMO?

Começa nova queda de braço no PSB entre Valtenir e Mauro Mendes

Valtenir, que é presidente estadual da sigla, convida a deputada estadual Luciane Bezerra, mas não dá cargo para ela na Executiva, já que é única representante do partido na Assembleia

NOELMA OLIVEIRA

Jonas da Silva

Há muito tempo que o empresário Mauro Mendes (direita) e Valtenir Pereira trocam farpas dentro do PSB

Presidente do PSB em Cuiabá, o empresário Mauro Mendes, promete recorrer a direção nacional da sigla para obrigar a direção estadual, comandada pelo deputado federal Valtenir Pereira, a contemplar a deputada estadual Luciane Bezerra no diretório da legenda em Mato Grosso. Esta não é a primeira vez que Mendes e Luciane acionam a última instância partidária.

Luciane Bezerra é a única representante feminina do PSB na Assembleia Legislativa. Desde o ano passado, ela reclama que Valtenir não abre a sigla para a sua participação.

Há 10 dias, a direção estadual realizou a convenção, que conduziu Valtenir novamente à direção da sigla no Estado, sem convocar Mauro e Luciane, considerados as figuras mais expressivas da sigla em Mato Grosso, além de Pereira. O fato gerou uma série de críticas dos dois contra o parlamentar federal.

Mendes fez a cobrança do espaço para Luciane publicamente no encontro de formação de candidatos do PSB, no sábado (5), o qual contou com a presença de Valtenir. O parlamentar teria se comprometido em responder ao dirigente municipal, que até está manhã ainda aguardava um posicionamento de Pereira. O dirigente municipal não limitou prazo à resposta.

Valtenir se defende e alega que por ser deputada estadual e única pelo partido, automaticamente a parlamentar tem espaço na Executiva da sigla. Porém, não foi oferecido nenhum cargo à Luciane. Segundo Valtenir, ela também foi contemplada com a função de delegada do partido na direção nacional.

"Como integrante do diretório estadual, a deputada pode opinar nas questões partidárias", pondera Valtenir, evitando detalhar o motivo que a parlamentar ficou sem um cargo na direção regional.

O parlamentar tem divergências com Mauro e Luciane. Até há cerca de dois meses, Mauro sequer tinha qualquer participação no diretório em Cuiabá. Após reclamação na direção nacional, o empresário, que disputou o governo do Estado em 2010, conseguiu a indicação para dirigir o partido na Capital.

Valtenir e Mauro também não se entendem com relação ao processo eleitoral do próximo ano. O empresário integra enquanto representante do PSB do Movimento Mato Grosso Muito Mais, formado ainda pelo PDT, PV e PPS. Pereira não participa da reunião deste grupo.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Silvinho Cuiabano 08/11/2011

Ela não apoiou Valtenir, ela apoiou Homero.

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros