Segunda-feira, 24 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,81
libra R$ 5,81

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,42
euro R$ 5,81
libra R$ 5,81

Política Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018, 11:00 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018, 11h:00 - A | A

TROCA DE FARPAS

Atrito entre vereadores tira projeto de regulamentação do Uber de pauta

LEONARDO HEITOR

Após um início de sessão tumultuado, a Câmara Municipal de Cuiabá retirou de pauta o projeto de lei que regulamenta o transporte por aplicativos na Capital. Vários motoristas que operam na cidade estiveram nesta manhã (18) nas galerias do Legislativo municipal e parlamentares chegaram a se estranhar no plenário.

 

Francinei Marans

abilio junior e renivaldo nascimento

 Atrito entre vereadores tumultuou sessão

O momento de maior tensão foi quando o vereador Abílio Júnior (PSC) desceu da tribuna, após discursar e pedir a retirada do projeto de pauta, e seu colega de parlamento, Renivaldo Nascimento (PSC), foi em sua direção e recriminou a postura. Abilinho afirmou, após o entrevero, que foi ameaçado pelo tucano. 

 

"Ele falou que vai acabar comigo e pessoalizar. Disse que irá atacar minha honra pessoalmente. O vereador disse que está sendo prejudicado na discussão política aqui no parlamento, porque estou 'queimando' a imagem dele. O Renivaldo disse que vai partir para a guerra pessoal", afirmou Abilinho.

 

Renivaldo declarou que o projeto foi debatido com a categoria e que Cuiabá terá a seu favor o fato de que, os valores que eram pagos relativos ao serviço para a Prefeitura de São Paulo, onde a Uber, maior empresa do setor, tem sede, agora serão pagos para a capital mato-grossense. Ele criticou a postura de Abilinho por, segundo ele, querer tumultuar.

 

"Alguns vereadores, aqui, mentem e tumultuam nas redes sociais, sem pensar em Cuiabá e na população. É uma situação tranquila de se resolver. Estão colocando que estamos criando impostos, sendo que estamos transferindo para a Capital o que estava sendo pago para São Paulo. O vereador Abílio, assim como alguns outros aqui, não estão a serviço da população. Acham que com essa coisa de mídia, terão votos. Cada um tem o seu estilo e o meu é com a verdade. Não sou homem de ameaçar ninguém. Não sou de mandar recado. Só falei para ele parar de mentir e colocar a população contra a Câmara", respondeu. 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Everson 18/10/2018

Ajudar a população taxando um serviço de tamanha utilidade e acessível a toda a população? Quer ajudar a população, reveja a concessão do transporte coletivo. Pagamos um alto preço para um péssimo serviço.

positivo
0
negativo
0

Carlos Nunes 18/10/2018

Tudo que é bom pro povo, barato, econômico...os governos botam a mão e estragam. Vão encarecer o UBER...o que é barato vai ficar caro. Seria melhor tirar todos os tributos dos táxis, pra baratear. Aí, ficariam mais baratos o UBER e os táxis. Por que só fazem coisas ANTI-POVO?

positivo
0
negativo
0

Gilson 18/10/2018

O negócio do Abílio é sempre tumultuar. Mas nós temos com quem contar. Parabens vereador Renivaldo

positivo
0
negativo
0

nadia 18/10/2018

Como sempre Abilio sendo o dono do espetáculo mentiroso, vereador esse que vive da mídia, mentindo, aproveitando de situações para ganhar voto ,acorda população, esse vereador falta com a verdade, vereador demagogo, não é esse tipo de representante que queremos na câmara municipal Cuiabá. Vereador Renivaldo, parabéns por mais uma vez mostrar e falar a VERDADE para população cuiabana. Estamos juntos!

positivo
0
negativo
0

geisiele 18/10/2018

Vereador Renivaldo Nascimento sempre lutando em favor da nossa cidade, tem meu respeito meus parabéns pela seu trabalho brilhante.

positivo
0
negativo
0

5 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros