Quinta-feira, 23 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,15
euro R$ 5,58
libra R$ 5,58

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,15
euro R$ 5,58
libra R$ 5,58

Polícia Quarta-feira, 15 de Maio de 2024, 11:09 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 15 de Maio de 2024, 11h:09 - A | A

MOTIVAÇÃO INVESTIGADA

Polícia prende dupla acusada de tentar matar "Boneco" em lanchonete

'Piloto de fuga' disse à polícia que participou do crime porque tinha dívidas com uma facção criminosa e foi obrigado

DA REDAÇÃO

Os criminosos Wesley Costa da Silva, de 28 anos, e Luiz Carlos Bezerra Fonseca, de 24 anos, foram presos pela Polícia Civil na terça-feira (14), acusados de tentar matar Nivaldo Ramos dos Santos, conhecido como 'Boneco', com ao menos cinco disparos. O fato aconteceu em uma lanchonete de Juína (746 km de Cuiabá), na noite de segunda-feira. 'Boneco' passou por cirurgia e continua internado em estado gravíssimo. 

LEIA MAIS: Vídeo mostra momento em que "Boneco" é baleado em lanchonete; veja

Segundo a Polícia Civil, a equipe de investigação apurou que dois homens chegaram ao local em uma motocicleta azul. Um deles desceu, entrou na padaria onde a vítima trabalhava e fez os disparos. Em seguida, voltou para a motocicleta, onde o piloto o aguardava, e os dois fugiram.

Logo após a comunicação da ocorrência, os investigadores iniciaram as buscas pelos suspeitos. Imagens de câmera de videomonitoramento foram analisadas e auxiliaram na identificação dos autores do crime.

Em uma residência no bairro Módulo 06, os policiais civis localizaram Wesley suspeito de efetuar os disparos. Quando percebeu a chegada da polícia, ele quebrou o aparelho celular e, ao receber voz de prisão, tentou negar na frente de sua mãe que teria saído de casa, dizendo ter permanecido a noite toda na residência, mas a mulher negou a informação.

A equipe de investigação continuou as buscas pelo condutor da motocicleta. O veículo foi encontrado no quintal da casa do suspeito, contudo, ele não estava no local. Luiz Carlos foi localizado na obra do Hospital Regional, onde foi preso.

Luiz Carlos confirmou que estava pilotando a motocicleta e que Wesley foi o responsável pelos disparos. Ele disse ainda ter sido obrigado a pilotar o veículo porque tem dívidas com uma facção criminosa e informou onde deixou as roupas usadas no momento do crime e todo o trajeto feito momentos antes e depois da tentativa de execução.

A Polícia Civil continua com a investigação para esclarecer a motivação do crime ainda e localizar a arma de fogo utilizada.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros