Segunda-Feira, 11 de Novembro de 2019, 08h:25

Tamanho do texto A - A+

Homem que perseguiu e matou engenheira no trânsito é preso

Por: ANA ADÉLIA JÁCOMO

Reprodução

Júlia Barbosa de Souza

Júlia foi assassinada por homem que não gostou de ser ultrapassado

Foi preso na noite deste domingo (10) um homem identificado como J.F, suspeito de ter matado com um tiro a engenheira agrônoma Júlia Barbosa de Souza, 28 anos, na madrugada de sábado (9).

O crime aconteceu na cidade de Sorriso (420 Km de Cuiabá) e, de acordo com as informações iniciais, teria sido cometido por um desconhecido após um desentendimento no trânsito.

A jovem estava no carro do namorado quando ambos começaram a ser seguidos após ultrapassarem uma Hilux branca - que os perseguiu seguiu buzinando e alertando para que parassem o carro.

Imagens de câmeras de segurança próximas ao local ajudaram a polícia e chegar até o atirador, que foi preso por meio de um mandado de prisão preventiva, após se apresentar na delegacia. As informações são do delegado André Ribeiro.

Julia estava na cidade de Sorriso a passeio, visitando o namorado, que também é do Paraná. Ele morava em Sorriso há cerca de quatro meses.

ENTENDA O CASO

Conforme o registro policial, os militares foram acionados quando a vítima já estava no Hospital 13 de Maio. Na unidade médica, receberam a informação da equipe de socorro que, mesmo sendo realizados todos os procedimentos de emergência, a vítima não resistiu e morreu.

Portal Sorriso

Jackson Furlan

Jackson Furlan chegando na delegacia, acompanhado do advogado

O namorado informou aos policiais que passava pela Avenida João Brescansin quando próximo a um posto de gasolina ultrapassou dois veículos e começou a ser perseguido por um dos automóveis, que também era uma Hilux.

Informações do boletim de ocorrências apontam que o condutor da caminhonete branca, veículo que perseguiu o casal, teria dado diversos sinais para que o namorado parasse o carro. Contudo, ao não ter os pedidos atendidos, e já próximo ao hospital, o condutor teria disparado um tiro contra o carro do casal e a bala acertou a engenheira.

O namorado da vítima disse que, diante da ação criminosa, procurou ajuda para sua companheira no hospital.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei - 1