Nó De Cachorro Terça-feira, 29 de Novembro de 2011, 22:00 - A | A

Terça-feira, 29 de Novembro de 2011, 22h:00 - A | A

Suspense na AL

O deputado Gilmar Fabris (PSD) reassumiu no fim da tarde desta terça (29) seu mandato na Assembleia Legislativa, pegando os deputados em geral - e especialmente Carlos Avalone (PSDB) - de surpresa. Fabris chegou esbaforido e com um monte de papéis nas mãos. Disse pelos corredores algo como não temer prisão e que teria muito a explicar sobre a emissão de cartas de crédito pelo Governo do Estado. Avalone era o mais estupefacto porque seria o relator da Lei Orçamentária Anual (LOA), a ser votada até o próximo dia 15. Oficialmente, Fabris nega qualquer problema judicial. Oficiosamente, contudo, sua ligação com uma banca de advogados pertencente ao seu cuncunhado estaria no centro do problema. Na semana passada, Guilherme Maluf (PSDB) chegou a anunciar que iria requerer a instalação de uma Comissão na AL para acompanhar as emissões de cartas de crédito. Não o fez, todavia. O Tribunal de Contas do Estado também está analisando o caso. No âmbito do Governo do Estado, a tensão está por conta de um decreto do governador Silval Barbosa transferindo a análise e emissão dos papéis para a Auditoria Geral do Estado, o que desagrada a Procuradoria Geral do Estado (PGE). Desde o fim de semana circulam boatos sobre a eventual prisão de um figurão do poder público estadual. Podem ser só boatos, mas o fato é que suspense deve dominar as sessões da Assembleia desta quarta.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Saulo 30/11/2011

\"Não o fez, todavia\" -- essa frase precisa ser apicada ao site que não fez correto o seu trabalho. nosso deputado fez sim o pedido. tem que confirmar antes de querer comentar

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros