Mundo Terça-feira, 31 de Maio de 2011, 12:20 - A | A

Terça-feira, 31 de Maio de 2011, 12h:20 - A | A

EM BELGRADO

Acusado de crimes de guerra deixa Sérvia rumo à Holanda

Ex-general Ratko Mladic vai ser julgado pelo Tribunal Internacional em Haia

PORTAL G1

O acusado de crimes de guerra Ratko Mladic deixou nesta terça-feira (31) o tribunal em Belgrado, capital da Sérvia, rumo à extradição para Haia, na Holanda, onde será julgado no Tribunal Penal Internacional. O trajeto que levava do tribunal ao aeroporto estava interditado pela polícia. Seus advogados haviam recorrido da extradição, mas o recurso foi rejeitado.

Autoridades já havia aberto o caminho para o que deve ser o último dia do ex-general servo-bósnio ao escoltá-lo para o túmulo de sua filha Ana, em Belgrado. Ela cometeu suicídio em 1994.  Mladic foi preso na semana passada, sob acusações de genocídio durante o cerco de 43 meses a Sarajevo e o massacre de 8 mil muçulmanos em Srebrenica, durante a Guerra da Bósnia entre 1992 e 1995.

Mladic também é acusado de crimes contra a humanidade por seu suposto papel na guerra da Bósnia (1992-1995). Ele pode ser condenado à prisão perpétua.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros