Justiça Quarta-feira, 29 de Junho de 2011, 17:50 - A | A

Quarta-feira, 29 de Junho de 2011, 17h:50 - A | A

ASSUNTOS FUNDIÁRIOS

OAB realiza debate em Sinop

A Comissão de Assuntos Fundiários da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso realizará no dia 18 de agosto, em Sinop (477km de Cuiabá), o 1º Encontro Estadual de Regularização Fundiária.

DA REDAÇÃO

Arquivo
Marco Túlio de Araújo, presidente da Comissão de Assuntos Fundiários da OAB/MT

A Comissão de Assuntos Fundiários da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso realizará no dia 18 de agosto, em Sinop (477km de Cuiabá), o 1º Encontro Estadual de Regularização Fundiária. O evento também tem o apoio das Subseções da OAB de Sinop e Colíder, será no Hotel Ucayali e a expectativa é reunir pelo menos 150 pessoas. O evento foi divulgado o site da entidade.

“Tivemos uma reunião com a diretoria da OAB/MT e recebemos todo apoio para a realização do encontro. Primeiramente vamos participar da conferência estadual dos advogados, que será realizada em Cuiabá nos dias 15 e 16 de agosto, e aproveitaremos todas as informações para subsidiar o nosso encontro”, informou o presidente da Comissão de Assuntos Fundiários da OAB/MT, Marco Túlio de Araújo.

Ao todo, três palestras estão previstas para o evento em Sinop, as quais: Digitalização da base cartográfica do Estado de Mato Grosso; Georeferenciamento, Sobreposição e Deslocamento de Títulos Definitivos; e Lei Federal nº. 12.310/2010, que autoriza a União a doar ao Estado as áreas de domínio federal nas glebas denominadas Maiká, Cristalino/Divisa, e Jarinã.

Os palestrantes serão, respectivamente, o presidente do Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat), Afonso Dalberto; o presidente da Associação Brasileira de Georeferenciamento (Abrageo), Rowilson de Oliveira Dias; a Oficial de Registro de Imóveis do Município de Poxoréu, Maria Aparecida Bianchin Pacheco; e o presidente da Comissão de Assuntos Fundiários da OAB/MT, Marco Túlio de Araújo; além de Nelson Borges, integrante do Terra Legal, um programa de regularização fundiária na Amazônia Legal, do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA).

De acordo com o presidente da comissão da OAB/MT, Marco Túlio de Araújo, cada palestra terá 40 minutos de duração e dez minutos para a realização de perguntas, que deverão ser feitas por escrito.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Antunes Amuado 29/06/2011

SEI NÃO.....CARA CAVERNOSO ESSE MARCO TULIO!

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros