Sábado, 13 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,95
libra R$ 5,95

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,95
libra R$ 5,95

Economia Sábado, 15 de Junho de 2024, 11:00 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sábado, 15 de Junho de 2024, 11h:00 - A | A

'Contexto internacional é desafiador, mas Brasil pode liderar', diz Haddad

CONTEÚDO ESTADÃO
da Redação

Diante do contexto internacional desafiador, o Brasil pode mostrar o caminho do crescimento sustentável ao mundo se estiver arrumado, disse o ministro da Fazenda, Fernando Haddad. "O Brasil tem condições de ser uma potência socioambiental em um novo padrão. Não precisamos ser quintal de ninguém, somos metade da América do Sul. Temos que ser parceiros dos Estados Unidos, da Europa, da China", afirmou em evento promovido pelo Instituto Conhecimento Liberta (ICL).

Uma das principais vantagens naturais do País é a matriz energética. Metade da origem da nossa energia é limpa, enquanto a média nos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) é um terço, citou Haddad. O ministro disse que ontem, 14, se reuniu com representantes do setor de energia eólica.

A ponderação é que o Brasil precisa cuidar dos recursos que tem. "Se ficarmos parados, a tecnologia dos outros países vai supera nossa vantagem" Haddad apontou que, com as outras economias mais protecionistas, os problemas ambientais do Brasil serão usados como pretexto para evitar as exportações brasileiras.

Haddad declarou que é uma tristeza ver que, na vida pública, pessoas que podem não pensam no interesse público. Por outro lado, também disse à plateia de empreendedores que, se abrir mão da sua comunidade, qualquer um vai prosperar menos.

(Com Agência Estado)

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

 

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros