Cidades Terça-feira, 28 de Junho de 2022, 09:49 - A | A

Terça-feira, 28 de Junho de 2022, 09h:49 - A | A

ACIDENTE DE TRABALHO

Trabalhador morre soterrado por parede de soja em silo de Sinop

Outro funcionário relatou que conseguiu chegar até a vítima, retirar parte da soja que envolvia sua cabeça, mas que, logo após, desabou outra parede de soja, soterrando o rapaz por completo

MÁRCIA TOMAZ
Da Redação

O jovem Adeilson Oliveira Sousa, de 22 anos, morreu soterrado por grãos em um silo de um armazém às margens da BR-163 na região do Camping Clube, em Sinop (479 km ao norte de Cuiabá), na tarde de segunda-feira (27). 

ff9fb895364d440519433cfe5d4a80f1.jpg

 

Segundo informações da Polícia Civil, o trabalhador estava dentro do silo junto a outro funcionário, trabalhando no sistema "quebrar soja", atividade de desprender os grãos que se encontram compactados nas bordas do silo, para possibilitar o carregamento do caminhão. Em determinado momento, uma parte da soja se desprendeu das bordas e caiu sobre a vítima, soterrando parcialmente seu corpo.

O outro funcionário relatou que conseguiu chegar até a vítima, retirar parte da soja que envolvia sua cabeça, mas que, logo após, desabou outra parede de soja e soterrou o rapaz por completo.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada. No local, os militares resgataram a vítima, mas já não apresentava sinais vitais.

Ainda conforme a polícia, o trabalhador usava todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPI). A Perícia Oficial de Identificação Técnica foi acionada para investigar as causas do acidente.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal para exame de necropsia.  

A Polícia Civil investiga o caso.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros