Cidades Quinta-feira, 21 de Julho de 2011, 18:17 - A | A

Quinta-feira, 21 de Julho de 2011, 18h:17 - A | A

CAOS

Servidores da Sema não concordam com reajuste e voltam à greve

Segundo a comissão de negociação, governo não apresentou nova proposta e paralisação retorna nesta sexta-feira

ALIANA F. CAMARGO
aliana@hipernoticias.com.br

Mayke Toscano/Hipernotícias
Servidores decidem continuar a greve e paralisam atividades em setor considerável importe para o desenvolvimento do Estado

Servidores da Secretaria de Estado do Meio Ambiente retornam à greve por tempo indeterminado a partir da manhã de sexta-feira (22) às 8h.

A decisão foi tomada no final desta quinta-feira (21), na assembleia geral realizada pelos servidores descontentes com o descaso com que o Governo vem tratando a categoria, conforme eles asseguram.

 

Segundo Murilo Covezzi, da comissão de negociação, a categoria suspendeu a paralisação no dia 14  para negociar. “Mas o que vimos é que o Governo não quer negociar porque apresentou a mesma proposta, ou seja, não fez nenhuma alteração”, avaliou.

A categoria, segundo Covezzi, criou expectativa que não foi correspondida pelo Poder Executivo. De acordo com os servidores, a tabela está bem abaixo dos salários do Instituo de Terra de Mato Grosso (Intermat).

Atualmente, o servidores da Sema ganham R$ 2.860 iniciais e depois de 30 anos de trabalho, se aposentam ganhando R$ 8 mil. A reivindicação é ganhar o inicial de R$ 6 mil e no final da carreira R$ 11.360,00, além da incorporação da verba indenizatória.

O Governo apresentou um aumento nos salários conforme carreira e nível de R$ 650,00 para 2011, o mesmo valor para maio de 2012, 2013 e 2014. A categoria não aceitou a proposta.

Com a paralisação a secretaria deixa de arrecadar recursos e emitir licenciamentos para exploração controlada de madeira no Estado.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros