Cidades Quinta-feira, 04 de Agosto de 2022, 11:15 - A | A

Quinta-feira, 04 de Agosto de 2022, 11h:15 - A | A

JÁ SÃO 6 SUSPEITAS

Saúde investiga mais um caso de varíola do macaco em Mato Grosso

Caso agora é de Sorriso, sendo os outros dois registrados em Cuiabá, dois em Várzea Grande e um em Rondonópolis

MÁRCIA TOMAZ
Da Redação

Reprodução

image

Um homem com suspeita de ter contraído a monkeypox (varíola do macaco) procurou atendimento em um ambulatório médico particular da cidade de Sorriso (396 km de Cuiabá), na tarde de quarta-feira (3). A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde e Saneamento do município. Esse é o sexto caso suspeito em Mato Grosso, sendo os dois primeiros registrados em Cuiabá, dois em Várzea Grande e um em Rondonópolis (220 km de Cuiabá).

Segundo a Secretaria de Saúde, uma equipe coletou amostras para exames na manhã desta quinta-feira, que foram encaminhadas ao Laboratório Central do Estado (Lacen).

A Pasta informou que o paciente voltou de viagem recentemente de local onde há casos confirmados, no entanto, o estado de saúde real do paciente não foi divulgado.

“O paciente está bem, mas, como existe a possibilidade, diante dos sintomas, e de ter vindo de uma área com casos confirmados, vamos fazer a coleta de material e seguir monitorando”, explicou a coordenadora de Vigilância em Saúde de Sorriso, Taynná Vacaro.

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) informa que foi notificada de um caso suspeito de varíola do macaco em Sorriso.

“Até o momento, foram registrados cinco casos suspeitos da doença em Mato Grosso, sendo dois em Cuiabá, dois em Várzea Grande e um em Sorriso. Ainda não há casos confirmados de varíola dos macacos no estado”, diz trecho da nota que não cita o caso suspeito de, Rondonópolis confirmado pela prefeitura da cidade na quarta-feira.

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros