Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

Cidades Domingo, 18 de Setembro de 2016, 10:48 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Domingo, 18 de Setembro de 2016, 10h:48 - A | A

Mato Grosso registra mais de 26 mil casos de dengue

DA REDAÇÃO

Mato Grosso já registrou 26.155 casos de dengue neste ano. A incidência é de 801 casos por 100 mil habitantes. Diante do aumento de casos notificados, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) reforça o alerta para a intensificação das ações de prevenção e controle da dengue, da febre chikungunya e do zika vírus aos 141 municípios mato-grossenses.

 

AP Photo/Felipe Dana

Chikungunya

 

Zika vírus e chikungunya

 

Em relação ao zika vírus, são 24.328 mil casos suspeitos no estado. Devido à incidência, Mato Grosso está com risco alarmante, já que são 745 casos por 100 mil habitantes.

 

Já foram registrados este ano 1.399 casos suspeitos de febre chikungunya, o que representa uma incidência de 47 casos para cada grupo de 100 mil habitantes.

 

A SES orienta a população para evitar os criadouros dos mosquitos transmissores da doença e prevenir, além da dengue, a febre chikungunya e o zika vírus. O Estado monitora semanalmente a progressão dos casos e faz o trabalho de orientação aos municípios para que as ações sejam intensificadas, mas alerta que 80% dos criadouros do mosquito estão nas residências, por isso é importante o envolvimento da população.

 

Para reduzir os impactos causados pelo mosquito, a SES enfatiza aos municípios a importância de manter a rede atenta para o diagnóstico precoce da doença e o manejo correto para que mortes sejam evitadas. Além disso, devem ser desenvolvidas ações de mobilização, inspeções domiciliares para eliminação de criadouros do mosquito, atividades educativas para orientar a população sobre como evitar focos do vetor, como também aplicação de inseticida para eliminação de insetos adultos.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros