Segunda-Feira, 30 de Março de 2020, 15h:13

Tamanho do texto A - A+

Viúva de Chico Anysio, Malga Di Paula diz que Bruno Mazzeo impede Lug de Paula de receber herança

Por: ISTO É

Desde que a polêmica anulação do testamento de Chico Anysio se tornou pública, cada dia mais desdobramentos também vem à tona. Neste segunda-feira (30), a viúva do humorista, Malga Di Paula, divulgou uma carta aberta ao filho do artista, o ator Bruno Mazzeo.

No texto, Malga diz que teve que procurar a imprensa já que o ator Mazzeo a bloqueou no WhatsApp, além de não atender suas ligações e não responder e-mails enviados a ele para tentar resolver a questão familiar.

Reprodução

viúva de chico anisio

Malga Di Paula acusa Bruno Mazzeo e os outros filhos de Chico Anysio de não prestarem contas dos objetos e parte do patrimônio intelectual do comediante, morto em 2012. De acordo com a viúva de Anysio, isso está dificultando que Lug de Paula, conhecido nacionalmente como Seu Boneco, que ficou de fora do testamento, fizesse parte da partilha de bens.

“Eu passei a defender que, o material entregue a vocês deverá ser apresentado para a redistribuição, contemplando assim o seu irmão mais velho. Esta é uma questão moral”, disse ela.

Di Paula também afirma que as dívidas do apartamento onde viveu com Anysio até a morte do artista, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, foram feitas quando Mazzeo assumiu como inventariante. “Não havia dívida alguma enquanto esteve sob minha gestão”, ressaltou ela.

E continua rebatendo Bruno Mazzeo que, segundo ele, Malga teria sido retirada da condição de inventariante ou seja, da função de administrar a partilha dos bens de Anysio, e alega que estava com a saúde debilitada devido a um grave quadro de depressão.

“Sobre o comportamento desidioso (preguiçoso) que vocês e seus representantes insistem em repetir, não me abala, estou habituada a comentários preconceituosos, já que é muito comum a descriminação aos portadores de transtorno depressivo maior (depressão), doença que seu pai também era portador”, reforça ela na carta aberta.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto