Quinta-Feira, 30 de Julho de 2020, 08h:30

Tamanho do texto A - A+

Pinheiro não descarta candidatura de Emanuelzinho em VG, mas cita 'aval' da família Campos

Por: WELLYNGTON SOUZA

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) não descartou a possibilidade do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (PTB), o Emanuelzinho, disputar à Prefeitura de Várzea Grande nas eleições municipais em novembro deste ano. Entretanto, o projeto dependeria do 'aval' da família Campos. "Temos uma amizade de 60 anos com a família, desde o meu pai, que foi deputado estadual, federal e presidente da Assembleia, então eu quero manter viva essa essa relação”.

Alan Cosme/HNT/HiperNoticias

emanuelzinho

 

“Ele é um jovem deputado, trabalhador, humilde e que está de corpo e alma se dedicando no mandato de deputado federal e isso está cativando a população de Várzea Grande. Agora eu vou fazer o quê se o carisma dele está conquistando a população várzea-grandense? Eu não posso impedir isso, eu não tenho direito, eu posso aconselhar”, disse em entrevista à Rádio Nativa FM

LEIA MAIS: Sem definir sobre reeleição, Emanuel defende nome de Botelho à prefeitura de Cuiabá

Entre as conversas com o filho, Pinheiro afirmou que tem levado muito em consideração, antes de apoiar um possível projeto de candidatura do Emanuelzinho, os anos de amizade com a família Campos.

“Eu converso muito e explico para que ele não impunha nada, que candidatura majoritária tem de vir de baixo para cima. Ela tem que ser agregadora e convergente. Em Várzea Grande nós caminhamos com os Campos, temos uma amizade de 60 anos desde o meu pai, que foi deputado estadual, federal e presidente da Assembleia, então eu quero manter viva essa amizade, essa relação”, enfatizou.

Segundo Pinheiro, a família Campos, por meio da prefeita, do senador Jayme Campos e do ex-governador Júlio Campos tem feito um excelente mandato na história da cidade industrial.

"Lucimar faz um grande mandato, Júlio e Jaime são grandes lideranças, queremos estar ao lado deles e oportunizar uma coligação e um nome que vá conseguir, dar sequência no trabalho da Lucimar e promover mais avanços para população de Várzea Grande. Agora, se ele [Emanuelzinho] está conquistando, eu não tenho culpa disso. Eu cuido de Cuiabá".

Pinheiro evita falar em reeleição

Ainda durante entrevista, o prefeito comentou que a primeira-dama, Márcia Pinheiro, já determinou para que ele não saísse em um projeto de reeleição. “Minha esposa não quer. Eu não estou jogando, estou sendo muito franco. Estou fazendo política mais dentro de casa do que fora, mas a Márcia não quer. O que me move é eleição, fazer política”.

LEIA MAIS: Bezerra diz que Pinheiro é candidato, porém "ele não pode dizer ainda"

“Faço política 24 horas por dia, 7 dias por semana, não é ‘politicagem’ que a gente vê por aí e querem colocar tudo em balaio só, mas tenho que respeitar o desejo dela também, mas por enquanto eu não decidi”, finaliza.  

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei







Mais Comentadas