Política Quarta-feira, 16 de Dezembro de 2020, 15:10 - A | A

Quarta-feira, 16 de Dezembro de 2020, 15h:10 - A | A

FERRONORTE

"Ministro Tarcísio tem que ter mais respeito com Mato Grosso", diz Jayme

WELLYNGTON SOUZA
DA REDAÇÃO

O senador Jayme Campos (DEM-MT) fez duras críticas ao ministro de Infraestrutura Tarcísio Gomes, durante sessão plenária nesta terça-feira (15). O democrata criticou o governo federal pela demora nas obras de extensão da Ferronorte, em Mato Grosso, e por priorizar a Ferrogrão. 

Divulgação

Jayme Campos - Senado Federal

Divulgação

Para o democrata, o governo federal quer colocar em um pacote único a regulamentação de ferrovias sendo elas, a Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (Fico), a Ferrogrão e a Ferronorte.

Jayme defendeu que a Ferronorte, no caso, não deveria ser discutida no mesmo âmbito, visto que ela já existe e precisa apenas ser estendida para a região Norte do estado chegando a Cuiabá. Já as outras duas ainda não saíram do papel. 

"Quando vossa excelência fala de interesse do governo não é verdade, com todo o respeito, tendo em vista que temos lá prosseguimento da Ferrovia Ferro Norte, que demanda Rondonópolis, passando Cuiabá e indo até Lucas do Rio Verde. O governo não demonstrou até agora nenhuma boa vontade, tendo em vista que quer priorizar a Ferrogrão, que demanda Sinop a Miritituba", disse.

"Então como é que o governo estabelece como prioridade essa questão da ferrovia? Eu acho que o ministro Tarcísio, com todo respeito, que é um dos craques do governo Bolsonaro, tem que ter mais humildade e sobretudo, ter mais respeito com aqueles que mais produz como é o caso do Mato Grosso", ressalta.

O parlamentar ainda disparou que a Ferronorte já está em execução há anos, com concessão garantida, mas que o governo federal não aportou "nenhum centavo" por má vontade. Jayme ainda chegou a cogitar que algo estaria por trás.

"Até agora, por incrível que pareça, o ministro Tarcísio só botou "gosto ruim", só colocou pau na estrada, dá entender que algo está por de trás, tendo em vista que tem comentado várias vezes, inclusive comigo sobre a Ferrogrão. Além disso, ele comentou que só vai liberar a Ferrogrão quando conseguir recurso de fundos árabes e ingleses”, ponderou. 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

joao 16/12/2020

O senador é do DEM .. DEM !!! Só por isso nem merecia minha leitura ... seus colegas são uns lixos sem escapar nenhum ... Senado deveria mandar dissolver todo o STF ... mas ta ai .. reclamando de barriga cheia deste governo que tem 2 anos e fez mais que os últimos 30 anos dos seus Cumpanheiros ... O estado e municio não tem dinheiro ? Como é possivel ? Alem de querer dinheiro publico para bancar isso já foi ver se a iniciativa privada tem interesse ? Ou vamos montar mais um elefante branco para agradar a estas panças ?

joao 16/12/2020

O senador é do DEM .. DEM !!! Só por isso nem merecia minha leitura ... seus colegas são uns lixos sem escapar nenhum ... Senado deveria mandar dissolver todo o STF ... mas ta ai .. reclamando de barriga cheia deste governo que tem 2 anos e fez mais que os últimos 30 anos dos seus Cumpanheiros ... O estado e municio não tem dinheiro ? Como é possivel ? Alem de querer dinheiro publico para bancar isso já foi ver se a iniciativa privada tem interesse ? Ou vamos montar mais um elefante branco para agradar a estas panças ?

2 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros