Política Quinta-feira, 23 de Junho de 2022, 09:24 - A | A

Quinta-feira, 23 de Junho de 2022, 09h:24 - A | A

EMENDA DE FÁVARO

Mato Grosso recebe R$ 50 milhões para custear serviços ambulatoriais e hospitalares

O montante que já está à disposição do Estado representa cerca de metade do valor a ser investido na construção de um dos novos hospitais regionais

Da Redação

Foto por: Tchélo Figueiredo

image

Mato Grosso recebeu, na última quarta-feira (22), o montante de R$ 50 milhões destinados à Secretaria de Saúde. O valor, pago pelo Fundo Nacional de Saúde, se refere a uma emenda do senador Carlos Fávaro (PSD) e deverá ser aplicado na média e alta complexidade de saúde, isto é, no custeio dos serviços ambulatoriais e hospitalares do Estado.

“A Saúde tem uma demanda contínua e Mato Grosso tem dimensões continentais com um serviço que não pode parar. Por isso esses recursos, somados aos que destinamos aos municípios, são essenciais para que as pessoas possam continuar buscando o devido atendimento”, explicou Fávaro.

O montante que já está à disposição do Estado representa cerca de metade do valor a ser investido na construção de um dos novos hospitais regionais, a exemplo do de Tangará da Serra, cuja ordem de serviço será assinada na sexta-feira (24) com valor estimado de R$ 107 milhões.

Além disso, o senador destinou mais R$ 25 milhões ao Estado que deverão ser utilizados na aquisição de equipamentos hospitalares a fim de garantir a estrutura de atendimento.

MUNICÍPIOS

Além dos R$ 50 milhões que já estão na conta do Estado, Fávaro destinou outros R$ 12,3 milhões diretamente para o atendimento em Saúde nos municípios. Os recursos atenderam demandas de 28 cidades em todas as regiões de Mato Grosso.

Foram atendidos municípios como Barra do Garças, Cáceres, Mirassol D'Oeste, Sinop, Pontes e Lacerda, Tapurah, Peixoto de Azevedo, entre outros.

Este montante, explica o senador, também é usado no custeio, conforme as necessidades de cada prefeitura. "Há recursos para atendimento tanto na atenção básica quanto em procedimentos de média e alta complexidade. O mais importante é fazer com que este dinheiro seja revertido em um bom atendimento à população. Esta é a boa política, a que leva resultados na ponta".

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros