Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020, 16h:00

Tamanho do texto A - A+

Líder de Emanuel propõe CPI para investigar Central de Regulação do Estado

Por: WELLYNGTON SOUZA

Alan Cosme/HiperNoticias

luis claudio

 

O vereador Luis Cláudio (Progressistas), líder do prefeito Emanuel Pinheiro na Câmara de Cuiabá, protocolou na manhã desta sexta-feira (10) um pedido de instauração da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Central de Regulação, sob responsabilidade do Governo do Estado, para investigar supostas irregularidades no atendimento de pacientes com o coronavírus. O parlamentar levou em consideração a falta de leitos de enfermarias e UTIs nos hospitais e nas policlínicas e UPAs de Cuiabá.

A CPI deverá ter duração de 120 dias, podendo ser prorrogado. O documento recebeu o aval de nove vereadores. A proposta deve ser discutida durante sessão da próxima terca-feira (14).

De acordo com o requerimento, as denúncias relatam que os médicos das policlínicas municipais não estão realizando exames para diagnosticar a gravidade do avanço da Covid-19 em cada paciente.

Segundo o vereador, os médicos estariam apenas determinando que, após o resultado positivo para a contaminação do vírus, o paciente fique em isolamento domiciliar, fazendo uso de paracetamol e nimesulida e sendo avaliada a gravidade somente se houver dificuldade em respirar.

Constam também relatos de pessoas que chegaram `a Policlínica do Verdão já apresentando sintomas graves e não foram encaminhadas a nenhum hospital, ocasionando óbito dos pacientes. Desta forma, o intuito da instauração da CPI é avaliar os protocolos de atendimento que estão sendo seguidos nas policlínicas, UPA’s e hospitais, para pacientes que apresentam sintomas da Covid-19, sendo eles graves ou não. Bem como a disponibilidade dos leitos de UTI na Capital”, disse. (Com assessoria)

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei