Política Segunda-feira, 25 de Abril de 2011, 17:44 - A | A

Segunda-feira, 25 de Abril de 2011, 17h:44 - A | A

SUCESSÃO 2012

Leitão, Dal Bosco e Dorner se unem para derrotar Juarez na reeleição

Prefeito de Sinop perde apoios importantes, como de Roberto Dorner e José Riva, e tem a insatisfação de Baiano Filho, deputado do seu próprio partido e cidade

 

Arquivo
Juarez durante comício em 2008, ao lado de Baiano Filho: Relações abaladas
A pouco mais de um ano das eleições de 2012 e com índices de insatisfação popular elevados, segundo recentes pesquisas divulgadas, o prefeito de sinop, Juarez Costa (PMDB), está perdendo aliados importantes que o apoiaram na eleição de 2008, o que vai comprometendo seu projeto de reeleição. O presidente da Assembléia Legislativa, José Geraldo Riva (PP), um dos principais padrinhos da candidatura de Costa nas eleições passadas, declarou nesta segunda-feira (25) que dificilmente apoiaria o peemedebista novamente, e que a tendência de seu grupo político é apoiar um candidato de oposição. O nome mais provável seria o do ex-deputado estadual Dilceu Dal Bosco, do Democratas.

“Nossa tendência é não apoiar a reeleição do Juarez. Nossos companheiros estão abandonados lá no município, mesmo depois de termos sido fundamentais para a sua eleição”, afirmou Riva. O presidente da Assembléia Legislativa citou nominalmente o caso do vereador Gilson Oliveira, que, segundo o parlamentar, não tem recebido o tratamento de aliado por parte de Juarez Costa.

Gilson e o atual deputado federal Roberto Dorner deverão ficar com o comando municipal do PSD, novo partido do grupo liderado por Riva, assim que a sigla estiver oficialmente constituída. Dorner, inclusive, era pré-candidato a prefeito de Sinop nas eleições passadas, e só retirou sua candidatura, em favor de Juarez, depois da intervenção de Riva.

“O deputado Dorner não tem mais interesse em disputar a eleição, e tem projetos para a Câmara Federal. Lá devemos lançar um candidato do DEM, PSD, PP ou PSDB. O fato é que estaremos juntos nas eleições do ano que vem no município”, afirmou Riva.

Também é atribuída a José Riva a articulação da desistência da candidatura de Dilceu nas eleições de 2008. Juarez Costa foi eleito em 2008 com 34.069 votos, equivalentes a 68,15% dos votos válidos, contra o candidato do PV, Paulo Fiúza, com o apoio de PSDB, DEM e PTB. As candidaturas de Dilceu ou Dorner não daria essa margem de tranqüilidade ao PMDB, daí a importância de Riva no processo daquele ano.

Conforme fonte de Hipernoticias, a articulação que está sendo construída em Sinop seria de Dilceu Dal Bosco candidato a prefeito, com um vice do PP ou PSD, a ser indicado por Roberto Dorner. A mesma fonte revela que o deputado peemedebista Baiano Filho também estaria descontente com o tratamento recebido do prefeito do seu partido, o que deixaria Juarez ainda mais isolado.

Perguntado sobre como ficaria o PSDB de Nilson Leitão nessa articulação, José Riva disse apenas que “o interesse dele é o mandato de deputado federal”. Na semana passada, Riva disse a Hipernoticias que acredita com muita segurança que Leitão recupere o mandato, hoje ocupado pelo petista Ságuas Moraes. Na prática, Leitão e Dal Bosco são do mesmo grupo político em Sinop, e vão participar juntos da eleição do ano que vem na cidade.

"NÃO ESTOU SATISFEITO. ELE NÃO ME RESPEITA COMO DEPUTADO"

Câmara/Sinop
Gilson de Oliveira, um dos apoiadores de Juarez, estaria "abandonado", segundo José Riva
O deputado Baiano Filho (PMDB), outro que recuou da candidatura em 2008 em favor de Juarez Costa, admitiu a Hipernoticias que não está satisfeito com o tratamento recebido do correligionário. Segundo Baiano, o prefeito está perdido e não o reconhece como aliado.

“Não estou satisfeito com o tratamento que ele (Juarez) me dá. Ele não me respeita como deputado e aliado” frisa Baiano. Como exemplos, ele cita que Juarez visitou seu gabinete apenas uma vez, “mesmo assim pressionado, depois que eu o vi saindo do gabinete do Mauro Savi”, e também que faz todas as suas reivindicações ao governador Silval Barbosa sem sua participação.

“Não é ciúme. Sei que ele tem um bom relacionamento com o governador. Mas sou o deputado do partido e da cidade dele. Juntos, poderíamos ser bem mais fortes”, argumenta Baiano Filho, alegando que “me sinto desprestigiado pelo Juarez”.

Entretanto, apesar das reclamações, Baiano Filho sustenta que apoiará a reeleição de Juarez Costa, caso ele seja candidato. “Se o Juarez não reajustar as coisas vai ficar muito difícil pra ele. Ele tem que sair dos três ou quatro que o rodeiam. Mas, por uma questão de princípio político-partidário, vou apoiá-lo se ele for candidato”.

Baiano adverte, contudo, que “o tamanho do meu apoio será do tamanho do amor que ele (Juarez) demonstrar por mim. A impressão que tenho é que ele não precisa de mim. Mas, se precisar, estarei junto, como da outra vez”. A esposa de Baiano, Leozenir Severo, é vereadora do PR no município, e foi líder do prefeito no início da gestão.

OUTRO LADO

O prefeito Juarez Costa não atendeu aos telefonemas da reportagem nem retornou aos recados deixados até o fechamento da matéria.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Babau 25/04/2011

pelo que ví esse Juarez é um sacana mesmo. Eu sei que em 2008 o Riva fez o que fez pro Juarez ser o candidato e agora ele sem o riva ta morto. Baubau

Sergio Berticcelli 25/04/2011

O Juarez vai pagar tudo que esta fazendo com seus companheiros, ele não valorizou o grupo que ele tinha, agora esta ficando sozinho aqui em sinop, fui companheiro dele, mas agora estarei com o seu Roberto dorner, tenho certeza que seu Roberto vai ser prefeito em sinop

paulo 25/04/2011

Aqui em Sinop é uma voz corrente que o Juarez nao ganha mais porque nao cuida dos companheiros. Juarez consegue ganhar se organizar de novo sua equipe.

3 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros