Terça-feira, 21 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

Política Terça-feira, 13 de Dezembro de 2016, 10:22 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 13 de Dezembro de 2016, 10h:22 - A | A

CANDIDATO À PRESIDÊNCIA

Justino Malheiros conquista apoio de 12 vereadores eleitos e reeleitos para disputar a Câmara

PABLO RODRIGO

O vereador eleito pelo Partido Verde (PV), Justino Malheiros, filho do ex-deputado João Malheiros,  diz contar com o apoio de 13 dos 25 parlamentares eleitos para presidir a Câmara Municipal a partir do próximo ano.  

 

Durante reunião na noite desta segunda-feira (12), 13 vereadores eleitos e reeleitos declararam apoio a Malheiros. O grupo reúne parlamentares que apoiaram o prefeito eleito Emanuel Pinheiro (PMDB) e do candidato derrotado, Wilson Santos (PSDB).  Segundo Malheiros, o principal compromisso para a nova legislatura será a autonomia e independência entre o Legislativo e Executivo.

 

Divulgação

Apoio justino malheiros

 

"Nós teremos independência para legislar e fiscalizar o prefeito. Também pretendemos democratizar a Mesa Diretora para que a gestão seja participativa", disse Justino Malheiros ao Hipernoticias.

 

O vereador explicou que a definição do seu nome ocorreu após um longo diálogo com o Partido Progressista (PP), principal bancada do prefeito Emanuel Pinheiro, com três vereadores.

 

"Nós já vinhamos construíndo a nossa candidatura com o PSB. Depois procuramos o PP e a base do prefeito eleito. Nós o convidamos para o projeto e eles toparam", disse Justino. indicando que o PP ficará com a primeira-secretária da Mesa Diretora.

 

"Nós não apresentamos nenhum outro nome na chapa. Vamos fazer isso depois que o PP indicar o seu nome. Aí apresentaremos todos juntos, mas o PP já está na chapa", explicou.

 

A reunião que definiu a indicação de Justino Malheiros para encabeçar a chapa, contou com a participação de 13 vereadores: Mário Nadaf (PV), Felipe Wellaton (PV), Marcos Veloso (PV), Vinicius Hugueney (PP), Diego Guimarães (PP), Renivaldo Nascimento (PSDB), Xavier (PTC), Elizeu Nascimento (PSDC), Marcrean Santos (PRTB), Wilson Kero Kero (PSL), sargento Joelson (PSC) e Dilemário Alencar (PROS).

 

O candidato disse que buscará fechar o apoio de mais cinco vereadores. "Vou procurar todos os outros vereadores. Acho difícil o consenso, mas acredito que vamos chegar a 18 votos até o dia da eleição", avaliou.

 

Justino Malheiros Neto é filiado ao PV desde 2014 e foi eleito com 2.917 votos. O pai dele já foi presidente da Câmara na década de 90.

 

João Malheiros também foi eleito há quatro anos vice-prefeito de Cuiabá na chapa encabeçada pelo prefeito Mauro Mendes (PSB), porém, renunciou o mandato.    

 

O duodécimo da Câmara de Vereadores para o exercício de 2017 será de mais de R$ 32 milhões.

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Cuiabano 13/12/2016

Tamanha demagogia, vai comer na mão do futuro prefeito, como sempre foi.

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros