Política Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2020, 15:25 - A | A

Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2020, 15h:25 - A | A

CÂMARA DE CUIABÁ

Guimarães diz que mantém candidatura à Mesa Diretora e rechaça aliança com base de Pinheiro

RAYNNA NICOLAS
REDAÇÃO

O vereador por Cuiabá, Diego Guimarães (Cidadania), confirmou que mantém as articulações para a eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal. Até o momento, Diego, que foi o vereador mais votado neste ano, deve enfrentar Juca do Guaraná (MDB) e Marcrean Santos (PP) na disputa pelo comando da Casa de Leis.

Alan Cosme/HiperNoticias

Diego Guimarães

Alan Cosme/HiperNoticias

Nesta quinta-feira (17), o parlamentar revelou que foi procurado pelos colegas para firmar alianças, mas recusou devido à proximidade dos parlamentares com o prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro (MDB). 

"Eles me ligaram já e pediram meu apoio. Eu falei para que respeito a candidatura deles, mas em hipótese alguma eu votaria neles por três motivos, o primeiro é que eu estou candidato também e manterei essa candidatura. O segundo é que eles são base do prefeito e eu não acredito que eles teriam a independência necessária para conduzir essa Casa do jeito que ela precisa e merece e terceiro, eles votaram pela cassação do vereador Abílio e eu não votaria em quem cassou um aliado meu", afirmou. 

O parlamentar ainda comentou que está dialogando com todos os deputados eleitos e reeleitos para viabilizar sua eleição à presidência da Câmara. "Estou dialogando com todos os vereadores sem vaidade, sem a necessidade de impor a minha candidatura", pontuou. 

Até o momento, Diego Guimarães conta com articulações junto ao Cidadania, DEM, Podemos, Pros e Solidariedade que firmaram aliança para a eleição do ex-candidato à prefeitura de Cuiabá, Abílio Júnior (Podemos). Já o prefeito Emanuel Pinheiro, que derrotou Abílio nas urnas e se reelegeu, conta com o apoio do seu partido, o MDB, e das siglas PV, PTB, PSDB, PTB, PP, PS. 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros