Política Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2011, 19:36 - A | A

Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2011, 19h:36 - A | A

FINALMENTE

Deputada Luciane consegue dobrar Valtenir e obtém mais espaço na Executiva no PSB

Única mulher eleita pelo partido à deputada estadual não tinha cargos dentro do partido e isso, segundo ela, prejudicava seu desempenho junto aos seus aliados em muitos municípios

PAULO COELHO

 

Mayke Toscano/Hipernotícias

Deputado federal Valtenir Pereira só cedeu às pressões de Luciane porque ela ameaçou se desfiliar do partido

 

A relação entre a deputada estadual Luciane Bezerra (PSB) e o presidente do partido, deputado federal Valtenir Pereira, por enquanto está apaziguada.

Depois da pressão feita pela parlamentar em busca de representatividade internaa no PSB, Pereira cedeu e verbalizou na manhã de domingo (4), após horas a fio de conversa entre os dois, num momento em que a deputada já havia até considerado a hipótese deixar a sigla.

Conforme Luciane, o presidente socialista lhe ofereceu cinco cargos na Executiva Estadual da legenda e a Secretaria da Mulher da sigla.

“O que eu perdi esse ano na minha base por conta dessa situação, não tem mais como recuperar”, lamentou a socialista, se referindo às filiações que deixaram de ser concretizadas por que ela não tinha representatividade partidária.

Luciane frisou que sempre houve muita insegurança por parte de Valtenir quanto às novas lideranças do PSB, assim como ocorreu com ela e com o empresário Mauro Mendes, de Cuiabá.

Outro exemplo de prejuízo interno para os socialistas é a construção de projetos que visam o pleito municipal de 2012.

Luciane Bezerra citou o exemplo de Colniza (1.065 quilômetros ao Norte de Cuiabá) onde a atual prefeita Nelci Capitani é do PSD e disputará a reeleição com o apoio do PSB local.

Até aí tudo bem, se o PSD não tivesse como maior liderança o presidente da Assembleia Legislativa, José Riva.

“O PSB lá está na mão do marido da atual prefeita, que é do PSD e o Riva estará no palanque dele, então eu não vou subir no palanque dela, vou apoiar o candidato do PDT ou qualquer outro”, garantiu Luciane, informando que respeitará os compromissos feitos por Valtenir até o final das eleições de 2012.

Para a parlamentar, Valtenir temia que as novas lideranças “tomassem a equipe dele”, mas depois de muitas conversas, cedeu à reivindicação e espaço.

“Se ele não tivesse me procurado, eu iria hoje (5) à Executiva Nacional e lá eles teriam que me dar um posicionamento, ou sim ou não eles iam ter que me dar uma resposta”, adiantou Luciane, admitindo que o presidente do PSB de Mato Grosso, só cedeu devido à ameaça de saído do partido, tanto da deputada, como a do marido dela, Oscar Bezerra, ex-prefeito de Juara (730 quilômetros ao Noroeste de Cuiabá) - e reduto eleitoral de Riva - e pretende disputar novamente a prefeitura em 2012.

Valtenir Pereira, na opinião de Luciane, “era único dentro do PSB, mas a partir das eleições de 2010, surgiram novas lideranças que também querem participar das decisões do partido, isso até então não havia sido digerido por ele, mas agora depois de tanto tempo conseguimos fazer essa junção”.

Dos cinco nomes que Luciane Bezerra indicará para integrar a executiva estadual do PSB, apenas o dela e o do presidente do PSB de Juara é que estão confirmadas, mas ela fechará a lista até o fim desta terça-feira

OUTRO LADO

A reportagem do HiperNoticias tentou falar, por celular, com o próprio deputado Valtenir Pereira e também a assessoria dele, mas ambos os telefones estava desligados.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Edilson Rosa 06/12/2011

Fala sério todo mundo sabe que foi depois do Congresso no PSB em Brasília que o Valtenir mudou de idéia porque a nacional puxou as orelhas dele e mandou abrir o partido. Boa vontade dele? Se dependesse disso ela nunca entraria!!!! E mais essa é a terceira vez que a nacional intervém aqui em Mato Grosso. Na primeira pra garantir a candidatura do Mauro Mendes; na segunda pra entregar a municipal para o Mauro e agora pra compor a executiva. Resumindo o Dep. Valtenir tá sem moral lá em cima e é baixo clero!

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros