Terça-feira, 25 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,39
euro R$ 5,79
libra R$ 5,79

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,39
euro R$ 5,79
libra R$ 5,79

Polícia Segunda-feira, 24 de Dezembro de 2018, 12:54 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 24 de Dezembro de 2018, 12h:54 - A | A

IMAGENS FORTES

Vídeo mostra momento em que professora atropela jovens em frente à Valley Pub

LUIS VINICIUS

Imagens de uma câmera do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) flagrou o momento em que Myllena de Lacerda Inocêncio, de 22 anos, Ramon Alcides Viveiros, de 25 anos, e Hya Girotto Santos, de 21, são atropelados por um veículo Renault Oroch, na manhã de domingo (23). O acidente aconteceu na frente da boate Valley Pub, localizada na Avenida Isaac Póvoas, em Cuiabá.

 

acidente valley.jpg

 

Na gravação, é possível ver o momento em que as vítimas atravessam a avenida em frente à boate sertaneja. Logo depois, as imagens mostram os jovens sendo atropelados pelo veículo Renault Orcoh que era conduzido pela professora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) Rafaela Screnci da Costa Ribeiro, de 33 anos.

 

Devido ao impacto da batida, uma das meninas é arremessada. Em seguida, o veículo passa novamente pela vítima. No entanto, não foi possível identificar de qual vítima se tratava. 

 

Após o acidente, o carro da suspeita ainda anda por alguns metros, mas em seguida, Rafaela é detida por outros clientes da boate sertaneja. Logo depois, a Polícia Militar é acionada e prende a professora. Ela deverá ser autuada por crimes de homicídio doloso, duas lesões corporais graves e embriaguez ao volante.

 

Depois do acidente, três equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram chamadas e encmainharam as vítimas ao Pronto-Socorro de Cuiabá (PSMC). No entanto, Myllena morreu pouco tempo depois de dar entrada na unidade de saúde. Hya continua internada na Unidade de Terapia Itensiva (UTI).

 

Já Ramom sofreu um trauamtismo craniano e foi encaminhado ao Hospital Amecor, localizada na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (Av. do CPA). O estado de saúde dele é considerado gravíssimo.

 

O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran).

 

Veja o vídeo

 

 

Leia mais

 

Mechas de cabelo de jovens atropeladas são encontradas em local do acidente

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros