Polícia Quarta-feira, 29 de Junho de 2022, 16:29 - A | A

Quarta-feira, 29 de Junho de 2022, 16h:29 - A | A

VÍTIMA ESTAVA NUA

Suspeito de estuprar adolescente de 17 anos é preso pela PM

Ainda conforme o bandido, o comparsa disse que eles deveriam matá-la, porém J.A.D.S alegou que não deveriam cometer tal ato

AMANDA DIVINA
Da redação

Reprodução

image

Os policiais militares do 1º Batalhão da PM prenderam J.A.D.S, suspeito de envolvimento no estupro de uma adolescente de 17 anos, que foi encontrada nua e desacordada em um terreno baldio do bairro Pedra 90, em Cuiabá, na noite de segunda-feira (27). O criminoso foi preso nesta quarta-feira, em um matagal na região do Porto.

Segundo o criminoso, ele estava usando entorpecentes com outro homem quando decidiram 'fazer algo para ganhar dinheiro'. Com isso, eles abordaram a adolescente e ordenaram para que a menor entregasse o aparelho celular.

Ao desbloquear o telefone, a jovem foi surpreendida pelo comparsa de J.A.D.S, que a enforcou, fazendo com que ela desmaiasse. Ainda conforme o bandido, o comparsa disse que eles deveriam matá-la, porém J.A.D.S alegou que não deveriam cometer tal ato.

Afirmou ainda que o comparsa dele foi responsável por pegar uma pedra e agredir a jovem. Aos policiais, ele afirmou que correu do terreno baldio e encontrou uma pessoa da academia que conhecia a vítima. Porém, ele fugiu do local deixando o comparsa. 

O criminoso foi conduzido à Delegacia da Criança.

ENTENDA O CASO

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais militares foram acionados por volta das 20h30 e informados de que uma jovem tinha sido vítima de estupro. Ao irem até o local, os agentes encontraram a menor de bruços, nua e desacordada. Ela estava com diversos hematomas na cabeça.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e encaminhou a vítima para uma unidade médica. Ela ainda permanece internada.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros