Sexta-feira, 12 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,92
libra R$ 5,92

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,92
libra R$ 5,92

Polícia Terça-feira, 18 de Junho de 2024, 14:33 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 18 de Junho de 2024, 14h:33 - A | A

OPERAÇÃO HAZE

Polícia prende mais um alvo que vendia drogas na modalidade 'delivery' em VG

Acusado teve o mandado de prisão cumprido na Penitenciária Central do Estado, onde já estava preso por envolvimento em outros crimes

DA REDAÇÃO

Policiais Civis prenderam mais um criminoso, de 25 anos, alvo da 'Operação Haze', nesta segunda-feira (17). A ação policial foi deflagrada na última quinta-feira pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) para desmantelar um grupo criminoso que traficava drogas na modalidade delivery em Várzea Grande. 

LEIA MAIS: Polícia Civil prende três por tráfico de drogas "delivery" em Cuiabá e VG

O alvo teve o mandado de prisão cumprido na Penitenciária Central do Estado (PCE), onde já estava preso por envolvimento em outros crimes. Agora ele responderá também por tráfico de drogas e associação criminosa.

Os mandados foram expedidos pela Terceira Vara Criminal da Comarca de Várzea Grande após representação da Polícia Civil por medidas cautelares de prisões preventivas, buscas e apreensões domiciliares e bloqueio de contas bancárias.

As investigações em andamento na Delegacia de Entorpecentes apontam que o grupo atuava com o tráfico doméstico, levando a substância combinada diretamente ao consumidor.

Entre os entorpecentes comercializados pelo investigado estava a droga Haze, de maconha de origem híbrida com outras espécies, de valor comercial mais elevado que a usual.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros