Sábado, 20 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

Polícia Terça-feira, 09 de Julho de 2024, 14:49 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Terça-feira, 09 de Julho de 2024, 14h:49 - A | A

TENTOU FUGIR

Homem suspeito de matar cadeirante é preso pela PM em MT

Ao ser interrogado, o suspeito confessou ter cometido o homicídio por motivo passional, alegando ter sido ameaçado pela vítima

DA REDAÇÃO

Policiais militares da Força Tática prenderam, nesta terça-feira (9), um suspeito de matar o cadeirante  Ademir Carvalho Lautério, de 50 anos, ocorrido no município de Guarantã do Norte (709 km de Cuiabá). Ademir foi encontrado morto em sua residência após ser atacado com cinco golpes de faca.

O crime ocorreu no último sábado (6), no bairro Albino Meneghetti. Familiares de Ademir descobriram o corpo ao encontrarem a porta da casa arrombada. Além do homicídio, o suspeito levou uma corrente de ouro da vítima.

Desde o ocorrido, policiais militares da 13ª Companhia Independente faziam buscas intensas pelo suspeito e, na madrugada desta terça-feira, receberam informações de que o homem planejava fugir para o estado do Pará.

Durante o patrulhamento tático, os policiais avistaram o suspeito às margens da BR-163. Ao perceber a aproximação dos policiais, o homem tentou fugir em direção ao Loteamento Rio de Janeiro, escondendo-se em meio ao mato próximo a um córrego. Foi então localizado e preso.

Ao ser interrogado, o suspeito confessou ter cometido o homicídio por motivo passional, alegando ter sido ameaçado pela vítima. Os policiais recuperaram a corrente de ouro de Ademir na residência do suspeito. O homem foi encaminhado à delegacia.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros