Sábado, 13 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,95
libra R$ 5,95

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,43
euro R$ 5,95
libra R$ 5,95

Polícia Domingo, 31 de Julho de 2022, 17:19 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Domingo, 31 de Julho de 2022, 17h:19 - A | A

FIM DA LINHA

Foragido de presídio de VG é morto pela Polícia Civil após ser flagrado em festa

Criminoso tentou fugir logo após ser identificado e apontou arma aos investigadores

RAFAEL COSTA
Da Redação

 Um fugitivo do presídio de Várzea Grande, Luiz Felipe de Souza Marques, foi morto pela Polícia Civil numa troca de tiros que aconteceu na tarde de sábado (30) no bairro Três Barras em Cuiabá. A ação foi conduzida pela Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).

Os investigadores compareceram ao local após receber a informação de que Luiz Felipe de Souza Marques, com mandado de prisão em aberto, estava realizando uma festa no bairro Três Barras.

Constatada a veracidade da denúncia, os policiais da DRE solicitaram apoio à equipe da Gerência de Operações Especiais (GOE), uma vez que Luiz Felipe era um criminoso com vasta ficha criminal - considerado de alta periculosidade.

No momento em que as equipes estavam preparadas para dar cumprimento ao mandado, o criminoso percebeu a presença dos policiais e empreendeu fuga, pulando o muro do local, com uma arma de fogo nas mãos, desobedecendo às ordens dos investigadores. Durante a fuga, ainda efetuou disparos contra os policiais dando início a uma troca de tiros, que acabou com o criminoso alvejado por disparos de arma de fogo.

Luiz Felipe foi socorrido pelas equipes policiais e levado ao Hospital Municipal de Cuiabá, porém não resistiu aos ferimentos e faleceu. O criminoso portava uma arma de fogo com 11 munições.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros