Justiça Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011, 09:00 - A | A

Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2011, 09h:00 - A | A

OUTRA VERSÃO

Deputado federal mostra documentos e nega ter invadido casa em Cuiabá

Suplente de Valternir Pereira, Juliano Rabelo mostra documentos de compra de imóvel e um contrato de gaveta. Parlamentar foi acusado pela advogada Maria Donizete de ter invadido casa na periferia da Capital

JORGE ESTEVÃO

 

Mayke Toscano/Hipernoticias

Advogada Maria Donizete mostra escritura definitiva do imóvel e acusa o deputado frederal de ter invadido a casa no Parque Cuiabá

 

O deputado federal Juliano Rabelo (PSB) apresentou documentação da compra de uma casa no Parque Cuiabá, a mesma que foi adquirida pela advogada Maria Donizete Correia em leilão da Caixa em maio deste ano. Donizete acusa o parlamentar, que é cabo aposentado da PM, de ter invadido o imóvel. Rabelo assumiu a vaga de Valtenir Pereira, do mesmo partido, que se licenciou até abril de 2012.

Juliano Rabelo nega ter invadido o imóvel e mostra documentos: uma certidão de compra e venda feita no 6º Ofício de Registro de Imóveis no dia 13 de agosto de 2003 e outro documento, que é um contrato de gaveta, registrado no 2º Ofício em Cuiabá. O deputado afirma ter comprado o imóvel de Clorines de Oliveira Ferreira, que por sua vez comprou de Ildeuildes Simão, em 1996.

Pela compra do imóvel, Juliano pagou cerca de R$ 16 mil. De 2003 até o início de 2011, ele disse que procurou por várias vezes a Caixa para passar a casa ao seu nome, mas, segundo ele, a instituição cobrava juros muito altos para regularização das prestações em atraso. “Não valia a pena fazer acordo (com a Caixa). Preferi aguardar a Justiça, pois nunca fui chamado para negociar”, diz o deputado, que afirma ter direito completo sobre o imóvel.

Juliano Rabelo afirma que vai até a última instância para ter a casa, que agora pertence a advogada Maria Donizete, que adquiriu o imóvel em lance de R$ 42 mil. No dia 20 de dezembro, ela fez a denúncia contra o advogado no HiperNoticias. Leia aqui.

Juliano Rabelo afirma que está aposentado em virtude de ter assumido cargo de deputado federal, conforme determina o regimento da Polícia Militar de Mato Grosso. Ele é membro da Comissão de Segurança da Câmara dos Deputados.

O QUE É CONTRATO DE GAVETA

Segundo o site Licita Condomínios, é muito comum no mercado imobiliário o chamado contrato de gaveta, que é um documento não oficial, que somente tem existência perante comprador e vendedor.

Por isso mesmo, é um contrato de elevado risco. Geralmente, o dono de um imóvel financiado resolve vender sua propriedade para outra pessoa, mas não faz isso de modo formal porque o novo proprietário não quer ou não pode fazer o financiamento nas condições de mercado.

Assim, o novo proprietário começa a pagar o contrato de financiamento como se fosse o antigo. A ideia é que, quando terminar de pagar, o novo proprietário possa então tomar posse do bem.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Lazaro 31/12/2011

Deputadinho pede pra sair, essa você perdeu!!! Já começou bem a sua vida politica....

Junior San 30/12/2011

Deputado mala, se ele comprou em 2003 com contrato de gaveta entao ele mesmo não pagou as prestações do financiamento. Depois, pelo que entendi, ele poderia ter regularizado sua situação no leilão, as condições são excelentes, mas tem que estar apto a financiar, né? A história dos juros altos é mentira, pois a caixa vende pelo preço da dívida e se ele era o ocupante, certamente foi notificado e poderia financiar em até 300 meses, conheço várias pessoas que fizeram isso. Já era deputado, o dinheiro que vc vai gastar com advogado da pra comprar outra casa, a menos que vc vá dar o balão do adv tbm. kkkkkkkkkk hilários os políticos de mato grosso.

Advogoado 30/12/2011

Esse deputado me deve honorários em acoes por mim patrocinada, no valor de R$ 4.000,00, isso em 2009. Até agora nao me pagou. Tem fama sim de caloteiro. O que esse mulher falou tem fundo de verdade. Agora, talvez com o salario da camara federal ira pagar suas dividas.

3 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros