Terça-feira, 21 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,10
euro R$ 5,53
libra R$ 5,53

Economia Quinta-feira, 12 de Maio de 2016, 14:06 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quinta-feira, 12 de Maio de 2016, 14h:06 - A | A

O que muda ou nada mudará no governo Temer?

MOACIR CAMARGO – ECONOMISTA DA PARMETAL DTVM

Cenário Político:

Os Brasileiros acordam aliviados com o fim do drama político que paralisa o país.

 

Dilma discursou duas vezes durante cerimonial de afastamento. A ideia que paira é clara para Dilma Rousseff: a de que ela sofreu um golpe. Dilma ainda tem 180 dias para se defender no Senado e justificar apenas os atos de contabilidade criativa os quais foram apontados e que culminou em seu afastamento provisório, que poderá se tornar definitivo. A constituição e o rito definido pelo STF, compostos por magistrados indicados pela gestão petista em sua absoluta maioria, foi seguido à risca e assim seguirá.

 

Ninguém lúcido e esclarecido, nenhuma nação, nenhuma instituição acredita na tese do “golpe”. Todos acreditam que o Brasil deva ser passado a limpo, que dos os corruptos e corruptores sejam punidos e que o prejuízo financeiro seja ressarcido.

 

Viremos essa página triste da nossa história e sigamos em frente. Devemos apoiar o novo governo para que as reformas necessárias e não realizadas sejam agora submetidas a apreciação e caminhem. Temos que ficar atentos, pois os lesas pátria não vestem somente uma cor de camisa ou são de apenas uma ideologia. Temos que estar vigilantes e não mais aceitar que a política seja feita em prol dos interesses particulares, ou em benefício deste ou aquele partido.

 

Política é a arte em administrar cidades, estados e uma nação, confluir ideologias e pessoas para o bem comum e para o progresso, fazendo uso das leis, das ciências e do caráter para que o melhor aconteça. Como disse o britânico, matemático e filósofo Russel, política é o conjunto dos meios que permitem alcançar os efeitos desejados. E os efeitos desejados, para mim, é o emprego, é a estabilidade política e social, é a união dos diferentes, é o bem-estar social, é a saúde adequada, é a justiça sendo exercida na sua plenitude e sem privilégios ou distinção, é o progresso da educação, da ciência e da tecnologia.

Faça isso Temer e mudará o Brasil.

 

Cenário Econômico:

Esperamos que o presidente interino, Michel Temer, realmente coloque sua habilidade política em prática para unir o povo brasileiro, o legislativo e o executivo. A missão é duríssima por conta da calamitosa condição financeira em que se encontram as contas públicas. Gastaram mais do que podiam e hoje a receita é bem menor do que o volume das despesas. E foi esse o motivo do afastamento da presidente Dilma Rousseff. Seria muito mais fácil se o afastamento tivesse ocorrido apenas por corrupção e crise política. A sagacidade política de Temer resolveria tudo em uma semana, mas o pior foi feito e a crise se estendeu ao âmbito econômico e jogou  mais de 11 milhões de trabalhadores na rua da amargura, ao desalento e assassinou também milhares de CNPJ´s.

 

A crise é séria e seria um “golpe” a inteligência de qualquer um achar que a ascendência de Temer à presidência foi motivada apenas por interesses particulares. Pensem que nem mesmo os credores de uma empresa falida, sem $ e sem reputação no mercado, teriam disposição em assumiriam tal empresa e colocar em risco a existência da sua empresa para simplesmente não ver a empresa do seu credor de portas fechadas. A reputação e credibilidade exerce enorme peso no mercado e faz com que os investidores portem $ para sua recuperação, e hoje, o Brasil não tem nem $, nem credibilidade e nem uma reputação, e Temer precisa justamente agir sobre isso, senão nada mudará.

 

Aposto que Michel Temer adoraria olhar para as finanças públicas e para a economia e ver os mesmos números que viu Lula quando assumiu a presidência em 2003.

 

A missão é árdua e exigirá do presidente interino todo o seu conhecimento técnico e habilidades para mudar o retrocesso em curso herdado da gestão anterior e colocar o Brasil novamente na linha ascendente.

 

Principais Bolsas Mundiais e índices (13:44):

·         Dow 30 - USA: ............................... -0,28%

·         Nasdaq - USA: ............................... -0,96%

·         S&P/TSX - CAN:.............................. -0,51%

·         Ibovespa - BRA............................... +1,26%

·         DAX - DEU: .................................... -1,13%

·         FTSE 100 - GBR : ............................. -0,95%

·         CAC 40 - FRA: ................................. -0,54%

·         Euro Stoxx 50 - EUR: ...................... -0,75%

·         IBEX 35 - ESP: ................................. -0,01%

·         FTSE MIB - ITA................................ -0,26%

·         SMI - CHE: ..................................... -0,66%

·         Nikkei 225 - JPN: ............................ +0,41%

·         S&P / ASX 200 – AUS...................... -0,24%

·         China A50 - CHN: ........................... +0,34%

·         Hang Seng – HKG:.......................... -0,70%

·         KOSPI - KOR: ................................. -0,13%

 

O ouro seguia em alta com a divulgação da manutenção dos juros do Reino Unido e com a indicação de desaceleração da economia europeia, ficando cotado a US$ 1.281,50 a ozt, mas perdeu força pós abertura dos mercados americanos (Sul e Norte) e opera agora em pequena baixa de -0,27% e cotado a US$ 1.272,00 a onça troy. No mercado doméstico, o ouro abriu sendo negociado a R$ 140,69 para compra e R$ 142,73 o grama para venda, conforme informado pela mesa de operações da Parmetal DTVM, registrado alta de +1,32% frente ao fechamento dia anterior.

 

O dólar ganhou valor durante a intervenção do Bacen no mercado de câmbio operando swaps reversos (compra de US$ no futuro) e chegou a ser negociado a R$ 3,49, mas perdeu força e está sendo negociado agora (14: 13) em R$ 3,4745, em alta de +0,72%.

 

Indicadores de Mercado 13:13:

·         Ouro – NY (Ozt.) ................................. US$ 1.272,00....................... -0,27%

·         Petróleo (Brent) ................................. US$ 47,44........................... +0,04%

·         Milho (Ton) ........................................ US$ 383,50......................... +1,66%

·         Dólar - US$ ......................................... R$ 3,4745............................ +0,72%

·         Euro - € .............................................. R$ 3,9589............................ +0,41%

·         Poupança (mês / Acum. 2016) ............ +0,6311% ........................... +3,3479%

·         Inflação – IPCA (mês / 12 meses) ........ +0,43%............................... +9,387%

 

http://www.parmetal.com.br/noticias-e-artigos

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

 

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros