Economia Quarta-feira, 21 de Setembro de 2011, 07:36 - A | A

Quarta-feira, 21 de Setembro de 2011, 07h:36 - A | A

SUSPENSO

Febre aftosa no Paraguai faz Brasil cortar compra de carne

Medida vai afetar principalmente a importação de produtos bovinos e suínos

PORTAL R7

O Brasil suspendeu a compra de carne bovina e suína do Paraguai depois da descoberta de um foco de febre aftosa nas fazendas do país vizinho. A medida, anunciada nesta terça-feira (20), serve para evitar o contágio da doença nos animais dos produtores brasileiros. Produtos com carne processada não sofreram restrições.

Desde segunda-feira, 19, as autoridades sanitárias do governo reforçaram a fiscalização nas fronteiras com o Paraguai para tentar impedir a entrada febre. O comércio desse setor foi completamente suspenso e não há previsão de retomada.

A medida vai afetar principalmente a importação de carne bovina e suína, os dois principais tipos que o Brasil mais importa do Paraguai. Até julho deste ano, o Brasil comprou 5,5 mil toneladas do país, num total de US$ 29,1 milhões. Em 2010, as importações de carne bovina somaram 6,7 mil toneladas, totalizando US$ 34,6 milhões.

O foco de febre aftosa foi registrado no departamento de San Pedro, em uma localidade denominada Sargento Loma, a 235 km de Guaíra, no Paraná, e a 126 km da fronteira com o Mato Grosso do Sul.

Além do Brasil, Argentina e Uruguai também suspenderam as importações de carne paraguaia.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

 

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros