Cidades Terça-feira, 26 de Julho de 2011, 09:29 - A | A

Terça-feira, 26 de Julho de 2011, 09h:29 - A | A

INVESTIGAÇÃO

Suspeito de envolvimento na morte de Auro Ida é liberado por não ter voz reconhecida

Evair Peres Madeira tem 19 anos, é usuário de drogas e não tem nenhum antecedente; ele foi preso pela Polícia Militar

ALIANA F. CAMARGO
aliana@hipernoticias.com.br

Marcos Raimundo/HiperNoticias

O suspeito de ter envolvimento com a morte do jornalista Auro Ida, Evair Peres Madeira, 19,  preso na noite de segunda-feira, já foi liberado nesta manhã de terça-feira (26) já que Bianca Naiara, testemunha ocular do caso, não identificou a voz do suspeito.

Evair Peres foi preso após denúncia anônima, no bairro Jardim Fortaleza, onde mora, e levado para a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) às 23h para passar pelo reconhecimento da  jovem namorada do jornalista. Bianca Naiara disse ao delegado Antônio Carlos Garcia que a voz de Evair não era da pessoa que cometeu o crime.

Mediante autorização da mãe do suspeito, policiais fizeram revista na casa e não encontraram nenhuma arma ou indícios que pudessem concretizar o envolvimento do rapaz, que foi liberado logo em seguida.

Evair Peres, usuário de drogas e sem passagem pela Polícia, não será descartado do caso. A Polícia Civil recebeu outras denúncias, mas até o momento não conseguiu chegar aos suspeitos.

CRIME

Auro Ida foi assassinato com seis tiros que atingiram a região lombar e a boca. O assassinato de Auro aconteceu na madrigada de sexta-feira (22), no bairro Jardim Fortaleza, em Cuiabá. O crime chocou a população, já que o jornalista era bastante conhecido nos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros