Sábado, 18 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,11
euro R$ 5,55
libra R$ 5,55

Cidades Quinta-feira, 05 de Maio de 2016, 17:01 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quinta-feira, 05 de Maio de 2016, 17h:01 - A | A

Polícia Federal prende suspeitos por garimpagem ilegal

REDAÇÃO

A Polícia Federal, com apoio do Grupo Especial de Fronteira (Gefron), prendeu na última terça-feira (3) seis homens por suspeita de garimpagem ilegal. A prisão ocorreu em uma fazenda localizada na região da Serra de Santa Bárbara, no município de Pontes e Lacerda (MT), a 483 km de Cuiabá.

 

Garimpo

 

Os policiais realizavam diligências na região quando avistaram um veículo atolado e o motorista solicitando apoio. Os policiais aproximaram-se, pedindo a identificação do condutor. Após pesquisas policiais, os agentes constataram que contra o homem havia um mandado de prisão preventiva em aberto, expedido pela Justiça Federal de Cáceres (MT), pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico. Os agentes então cumpriram o mandado, dando voz de prisão ao suspeito. 

 

Visando realizar mais averiguações, os policiais deslocaram-se para a residência do motorista e com a devida autorização ingressaram em seu imóvel. No local, os agentes encontraram um aparelho de sondagem de metais, característico de atividade garimpeira, e também uma pepita de ouro no interior de uma bolsa feminina.

 

Ainda no local, os policiais perceberam a aproximação de pessoas retornando de uma mata próxima. Após a abordagem policial, foi constatado que os indivíduos traziam consigo outro aparelho de sondagem e uma pepita de ouro. Um dos homens ainda portava uma pistola com 13 munições.

 

Ao se dirigirem até o local de onde os suspeitos haviam saído, os policiais constataram que havia um garimpo em fase inicial, com uma escavação ainda pequena. Diante dos fatos, todos os envolvidos foram conduzidos até a Delegacia de Polícia Federal de Cáceres para lavratura do flagrante.

 

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros