Terça-feira, 25 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,39
euro R$ 5,79
libra R$ 5,79

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,39
euro R$ 5,79
libra R$ 5,79

Cidades Quinta-feira, 29 de Novembro de 2018, 15:50 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quinta-feira, 29 de Novembro de 2018, 15h:50 - A | A

"SEM ÁGUA E AO SOL"

Grupo denuncia abandono de cavalo próximo a condomínio

KHAYO RIBEIRO

O projeto Luta e União de Amigos para Animais em Risco (Lunaar) denuncia situação de maus tratos contra um cavalo abandonado na Avenida Arquimedes Pereira Lima, próximo ao condomínio Nova York City, no Jardim das Américas, em Cuiabá. “Sem água e ao sol”, se indigna Adriano Real, um dos colaboradores do projeto, ao relembrar o período em que o animal fica preso sem qualquer tipo de cuidado.

 

Reprodução

Cavalo abandonado

 

Postagens no Facebook e no Instagram já foram feitas denunciando a situação, mas Adriano aponta que o caso não vai ficar só nas redes sociais: “Estou a caminho de formalizar nossa queixa, vou fazer um boletim de ocorrências e encaminhá-lo à Dema”.

 

O colaborador da Lunaar diz que desde segunda-feira (26), quando o projeto tomou ciência da situação, um grupo tem realizado ronda para tentar identificar o dono do cavalo. “Na quarta-feira fizemos um registro do animal puxando uma carroça. Então, o dono vem, usa o animal para os serviços e depois o deixa amarrado no terreno baldio”, aponta Adriano.

 

No combate aos maus tratos ao animal de grande porte, o projeto já entrou em contato com o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil e a Diretoria de Bem Estar Animal sem êxito na resolução do problema. “Eles apontaram que não poderiam realizar o resgate por conta de falta de espaço para acolhimento do cavalo”, apontou Adriano.  

 

O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil afirmaram ao HiperNotícias que as instituições não seriam competentes para auxiliar no caso. Essa situação, conforme apontaram as assessorias, seria de responsabilidade da Prefeitura de Cuiabá.

 

A assessoria do mnunicípio foi procurada, mas não encaminhou resposta.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Álbum de fotos

Reprodução

Reprodução

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros