Cidades Sexta-feira, 01 de Julho de 2022, 14:32 - A | A

Sexta-feira, 01 de Julho de 2022, 14h:32 - A | A

AÇÃO RÁPIDA

Corpo de Bombeiros tem novo quartel com tecnologia para prevenção e monitoramento do fogo

Unidade foi equipada com recursos de monitoramento via satélite, capazes de identificar focos de calor e detectar incêndios nos biomas mato-grossenses

MÁRCIA TOMAZ
Da Redação

AMANDA DIVINO

image

O Corpo de Bombeiros recebeu, nesta sexta-feira (1°), a nova sede do Batalhão de Emergências Ambientais (BEA), em Cuiabá. O novo quartel foi estruturado para atuação dos bombeiros no trabalho de prevenção e combate aos incêndios florestais no Estado. A unidade foi equipada com recursos tecnológicos de monitoramento via satélite, capazes de identificar focos de calor e detectar incêndios nos biomas mato-grossenses - Pantanal, Cerrado e Amazônia.

A expansão das unidades do CBM é um reflexo dos investimentos do governo de Mato Grosso, que possibilitaram a estruturação das bases existentes e abertura de outras, com integração de outras instituições que também atuam na preservação do meio ambiente.

De acordo com a secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazaretti, o governo do Estado vem investindo em equipamentos e ações de prevenção. Segundo ela, apesar de o cenário em 2021 ter sido crítico no período de seca, teve uma redução nos focos em relação ao ano de 2020.

“O governo do Estado acrescentou mais investimento em equipamentos, prevenção, diversas ações de conscientização. Intensificamos também as ações de fiscalização, com objetivo de reprimir aqueles que ainda insistem em praticar focos ilegais, focamos na autorização para aqueles que realmente precisam”, explica a secretária.

Mauren reforça que a população precisa ter consciência e que não adianta o governo atuar sozinho no combate e prevenção aos incêndios florestais no Estado. “É preciso lembrar que o governo o Estado não consegue fazer esse enfretamento sozinho, toda a sociedade precisa respeitar esse período crítico. Não só evitando fazer o uso do fogo, mas também evitando utilizar equipamentos que provoquem acidentalmente incêndios”, ressalta.

A nova sala dos Bombeiros possui sistema de monitoramento em tempo real via satélite, capaz de identificar focos de calor e detectar incêndios em qualquer cidade do Estado.

“É uma unidade muito importante, que faz o trabalho da preservação ambiental, tanto na questão dos incêndios florestais como outras ocorrências. A nova sala possui tecnologia, profissionais capacitados e habilitados para que, em um tempo muito curto, nós possamos detectar algum tipo de crime ambiental, principalmente queimadas", conta a secretária.

período proibitivo do fogo em Mato Grosso começou nesta sexta-feira e segue até 30 de outubro. Durante esses meses, fica proibido o uso de fogo em áreas rurais para limpeza e manejo, considerando o risco de incêndios florestais de grandes proporções. Em relação ao fogo nas áreas urbanas, é proibido o ano todo.

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros