Domingo, 12 de Julho de 2020, 10h:00

Tamanho do texto A - A+

Cáceres reabre comércio mesmo com "risco muito alto" de contágio

Por: RAYNNA NICOLAS

O comércio voltará a funcionar em Cáceres a partir da próxima segunda-feira (13). Além do comércio, a partir de segunda, a prefeitura de Cáceres atenderá em horário normal, com as precauções para evitar a contaminação do novo coronavírus. O prefeito do município, Francis Maris (PSDB), tinha decidido por medidas rígidas de isolamento ainda em junho, mas agora decidiu flexibiliza-las.

fbb1adaa7a20ec5e88b62dbd55430120.jpg

 

Como forma de dar continuidade ao combate da Covid-19, Maris decidiu impor o toque de recolher em Cáceres pelo período de 13 a 26 de julho. Enquanto a medida estiver vigente, entre as 20h00 e 05h00, só poderão circular na cidade os servidores da área da saúde, segurança pública e privada, assistência social, serviços públicos e serviços essenciais. 

LEIA MAIS: Justiça Federal determina lockdown em 22 cidades da região da Grande Cáceres

A permanência em lugares públicos continua proibida, assim como atividades físicas em lugares abertos e qualquer tipo de aglomeração. A prefeitura ainda informou que haverá restrições às atividades que serão retomadas, mas não especificou quais.

Outras medidas

 

Diante do aumento de casos de Covid-19 na região Oeste em Mato Grosso, onde Cáceres se encontra, o juiz federal Rodrigo Bahia Accioly Lins, da 1ª Vara Federal Cível e Criminal de Cáceres, determinou o lockdown (isolamento total) de atividades comerciais consideradas não essenciais em 22 municípios da região, on dia 30 de junho. A medida acatou uma Ação Civil Pública coletiva pelos Ministérios Públicos e Defensorias Públicas do Estado e União.

Já na na primeira semana do mês de julho, a gestão de Cáceres adotou outra medida polêmica de combate à Covid-19 e conscientização da população. O prefeito Francis Maris mandou espalhar por diversos pontos da cidade, onde tem um maior número de circulação de pessoas, faixas orientativas dizendo "não temos UTIs, pelo amor de Deus fique em casa". 

 

Em outro ponto, a prefeitura instalou uma placa destacando que "o remédio mais forte contra Covid-19 é sua consciência. Fique em casa". “É insuportável a dor de perder alguém que se ama pela ignorância. Fique em casa”.

Os moradores questionam a iniciativa da prefeitura. "Todos os conscientes estão em casa. E os órgãos competentes, estão melhorando e aumentando as UTI's dos hospitais?", disse um internauta. 

A medida gerou repercussão nacional. O pesquisador e professor alemão que atua na Fundação Getúlio Vargas (FGV), Oliver Stuenkel ,repercutiu a ação da prefeitura de Cáceres em inglês. 

Monitoramento estadual

Apesar da decisão da prefeitura, Cáceres continua classificada com um risco muito alto de contágio para o coronavírus. Segundo as normativas do Estado, que realiza o levantamento dos munícipios, as cidades que se enquadram no nível mais alto devem decretar ou manter o lockdown. 

No último sábado (11), Mato Grosso registrou 28.526 casos de Covid-19, sendo 1.047 vítimas fatais da pandemia no Estado. A taxa de ocupação dos leitos de UTI pactuados para o tratamento da doença voltou a subir, após terem caído drasticamente devido à abertura de novos leitos. Na última quinta-feira (09), o índice alcançou 98%, na sexta (10) o número despencou para pouco mais de 90% e no sábado (11) Mato Grosso encerrou o dia com 91% dos leitos ocupados.

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei