Brasil Quinta-feira, 01 de Dezembro de 2011, 15:59 - A | A

Quinta-feira, 01 de Dezembro de 2011, 15h:59 - A | A

CORRUPÇÃO

Oposição questiona decisão de Dilma de manter Lupi no cargo

Situação do ministro ficou ainda mais crítica após denúncias de que ele acumulou dois cargos públicos simultaneamente

DA FOLHA DE SÃO PAULO

Valter Campanato/ABr

Líderes da oposição no Congresso criticaram nesta quinta-feira a decisão da presidente Dilma Rousseff de manter o ministro Carlos Lupi (Trabalho) no cargo, mesmo após o Comissão de Ética Pública recomendar o seu afastamento.

A situação de Lupi ficou ainda mais crítica após a Folha revelar hoje que ele acumulou dois cargos públicos simultaneamente.

Após reunião hoje de manhã com o ministro, Dilma pediu à Comissão de Ética os detalhes que embasaram a recomendação feita pelo colegiado. Lupi, por sua vez, deve recorrer da decisão.

"Mantendo Lupi no cargo, a presidente ignora uma recomendação unânime de um órgão auxiliar da Presidência da República responsável por zelar pela imagem do governo. É uma postura antiética. Na prática, Dilma está demitindo a Comissão Ética", disse o líder do PPS na Câmara, Rubens Bueno (PR).

Para o líder tucano na Casa, Duarte Nogueira (SP), a decisão de Dilma Rousseff deixa a Comissão de Ética Pública em uma situação ruim.

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros