Segunda-Feira, 30 de Março de 2020, 12h:35

Tamanho do texto A - A+

Aos corretores de imóveis

Por: CLAUDECIR CONTREIRA

Mario Okamura

Claudecir Contreira


Sobre matéria do sindicato dos corretores veiculado nos últimos dias na imprensa de MT, tenho o seguinte esclarecimento.

Minha luta em favor dos corretores de imóveis de MT, bem como, pelo bem do mercado imobiliário, já é bastante antiga. Desde 2016 ocupo funções dentro do Conselho regional e do Conselho Federal. Sobre homenagear o ex-governador Júlio Campos, digo o seguinte, a homenagem foi feita no ano de 2017, sugestão minha, acatada por toda diretoria do CRECI-MT na época.

A homenagem consistiu em agradecer a ele, Júlio Campos, por inúmeros trabalhos prestados em favor dos corretores de imóveis. Júlio Campos é corretor fundador em MT. Ele também é proprietário de imobiliária. Ainda na década de 1980, o corretor Júlio Campos foi membro, presidente fundador da APCIM, associação que existiu antes de formar e criar o CRECI. Além disso, a homenagem também contemplou o reconhecimento a ele, Júlio Campos, pelos trabalhos de expansão e colonização de MT, o que contribuiu, e muito, com todos os corretores daquela época e vem refletindo até os dias atuais.

Sobre minha reunião com o Deputado Dilmar Dal Bosco, líder do governo estadual. Nessa reunião foram tratados dos seguintes pontos (será ainda analisado se o Deputado proporá um projeto de lei ou fará articulações junto as autoridades competentes destas áreas):

- Redução em 50% no ITBI

- Redução em 50% das taxas de serviços em cartórios

- Diminuição do tempo de espera para entrega de serviços de cartórios, incluindo certidões diversas

- Atendimento preferencial em órgãos públicos e cartórios, para corretores e empresas imobiliárias

- Que os cartórios permitam o uso e usem também tecnologias de comunicação para envio de documentação de clientes para a lavratura de escrituras ou emissão de certidões diversas

- Instruir a  estrutura pública governamental (estadual, municipal) para que usem os serviços de corretores com CNAI de avaliador mercadológico para avaliações ou venda de prédios públicos municipais ou estaduais  tanto para venda, bem como para locação

Sobre créditos a corretores, acertamos que faremos reunião com o secretário de desenvolvimento e o Governador do Estado para tratar da criação e liberação de empréstimos com juros reduzidos ou subsidados para corretores e imobiliárias.

Vale salientar que esses e outros benefícios, se porventura conseguirmos, serão destinados apenas para negócios realizados através de  corretores inscritos no Conselho.

Finalizo reafirmando meu compromisso com o trabalho e reitero que continuarei a fazer o trabalho para o qual fui democraticamente eleito para fazer.

Também, no decorrer da próxima semana, tenho várias agendas marcadas com vários parlamentares Federais para tratar de assuntos relativos a suspensão ou prorrogação da data para pagamento das anuidades desse ano e redução em 50% da anuidade do próximo ano 2021.

(*) CLAUDECIR CONTREIRA é  Vice-Presidente do CRECI-MT, Conselheiro Federal suplente no COFECI e Membro da comissão de apoio legislativo do COFECI

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei



1 Comentários

Benedito costa - 31/03/2020

Contreras sua ideia são ótimas se fosse ser verdadeiras e fáceis de ser realizadas. Tá mais pra uma promessa de campanha. ITBI reduzir em 50% para os corretores? Parece ser uma.oiada sem contar ainda que não é de competência de Deputado legislar. Reduzir taxas cartorárias para os corretores? Você vai ter que falar com a Anoreg e ainda com o tribunal de justiça. Empréstimo com juros bem menor que o praticado para corretores e imobiliárias, já existe só procurar nos bancos. Reduzir o valor da anuidade em 50%, Aí sim seria o melhor negócio, visto que o corretor não tem nenhum.auxiloo do CRECI em nada, nem se for preso vai alguem la pra acompanhar o caso com a OAB faz com seus filiados. Pra reduzir o valor da anuidade depende de.lei federal e o senhor me. parece tá distante de Brasília e do conselho. Melhor a fazer neste momento é viabilizar um convênio com planos de saúde para o corretor; ações que o atendimentos ao corretor em cartórios, prefeituras órgãos do governo, bancos seja mais prático, fácil e rápido. Isso são bandeiras que pode ser atendido ao corretor por exemplo aí da criar um fundo ao corretor para garantir sua aposentadoria em fim de carreira como tem o banco do Brasil, a caixa, correios, a OAB e tantos outros tem a garantir solidez ao profissional.

INíCIO
ANTERIOR
PRÓXIMA
ÚLTIMA







Mais Comentadas