Sexta-feira, 12 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,92
libra R$ 5,92

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,45
euro R$ 5,92
libra R$ 5,92

Variedades Quarta-feira, 03 de Agosto de 2022, 08:21 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Quarta-feira, 03 de Agosto de 2022, 08h:21 - A | A

NA ESPANHA

Polícia impede que dezenas de pessoas saqueiem barco com maconha após perseguição

EXTRA GLOBO

A polícia espanhola conseguiu impedir que dezenas de pessoas saqueassem um barco que acabou se acidentando durante perseguição policial em praia de Sanlúcar de Barrameda, na província de Cádiz (Espanha), na última sexta-feira (29/8).

 

Durante a perseguição, o piloto do barco com a droga acabou atolando na areia na tentativa de fuga. Moradores e turistas se aproveitaram e correram na direção da embarcação, que era vigiada inicialmente apenas por um helicóptero da Polícia Alfandegária.

O helicóptero ficou se movimentando em círculos para afugentar os saqueadores. Agentes da Guarda Civil e da Polícia Nacional chegaram em apoio por terra e conseguiram dispersar a maioria dos saqueadores.

Atualmente, a maconha está descriminalizada para uso pessoal em locais privados, se o usuário possuir 100g ou menos da erva. Clubes aonde clientes podem levar o seu próprio suprimento, desde que respeitada a quantidade máxima legal, tornaram-se populares em grandes cidades espanholas.

No entanto, o tráfico de drogas continua a ser um crime grave, pela qual você pode enfrentar ser condenado a pagar multa de 30 mil euros (R$ 161 mil). Além disso, os acusados ​​de tráfico também podem pegar de três a seis anos de prisão.

FONTE: https://m.extra.globo.com/noticias/page-not-found/policia-impede-que-dezenas-de-pessoas-saqueiem-barco-com-maconha-apos-perseguicao-25550687.html

Clique aqui e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram. 

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros