Sábado, 25 de Maio de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,17
euro R$ 5,61
libra R$ 5,61

Últimas Sexta-feira, 06 de Maio de 2016, 16:10 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sexta-feira, 06 de Maio de 2016, 16h:10 - A | A

PREVENÇÂO CONTRA INCÊNDIO

Prefeitura disponibiliza serviços essenciais no Aguaçu e orienta moradores sobre prevenção às queimadas

REDAÇÃO

Moradores do Distrito do Aguaçu receberam nesta sexta-feira (06) mais de 30 serviços sociais ofertados pela Prefeitura de Cuiabá e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR/MT), por meio do programa Mutirão Rural da Cidadania.As atividades foram iniciadas às 8h e seguem até as 17h, na Escola Municipal Rural de Educação Básica Professor Udeney Gonçalves de Amorim.

 

“Desde que recebemos o convite, não medimos esforços para estar neste evento e contribuir levando atendimento de qualidade e extremamente necessário para quem vive na área rural”, ressaltou o secretário municipal de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Alex Jony Silva.

 

No local, o município disponibilizou pontos de Atendimento do Sine Municipal, tira dúvidas para o Microempreendedor Individual (MEI), distribuição de mudas de árvores nativas e frutíferas como açaí, pitomba, ipê, jacarandá, figueirinha e oiti, que foram cedidas pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos. Os moradores também foram orientados pela Defesa Civil de Cuiabá sobre a importância da prevenção às queimadas.

 

“No ano passado registramos 182 ocorrências na área urbana, mas não podemos esquecer a conscientização da população da zona rural. Eles também sofrem com problemas de saúde e têm dificuldades para que as emergências sejam atendidas rapidamente”, explicou o coordenador da Defesa Civil de Cuiabá, José Pedro Zanetti.

 

De acordo com o superintendente do Senar, Otávio Celidonio, a instituição busca atender as necessidades do campo, porém sem deixar de lado o conhecimento e apoio e técnico para os pequenos produtores. Cerca de 2.200 moradores do distrito e de outras 23 comunidades devem ser atendidas no mutirão.

 

“Temos o papel de desenvolver através do conhecimento. Percebemos há algum tempo a necessidade de melhorar e investir no mutirão, principalmente para que se atinja o desenvolvimento econômico”, disse.

 

O presidente do Sindicato Rural de Cuiabá, Ricardo Arruda, destacou a oferta dos serviços como retorno. “Este é um momento que o meio rural entrega contra partida à população, mostrando o lado social que estamos dispostos a trazer e melhorar a qualidade de vida de todos”.

 

ATENDIMENTOS

 

Ao longo do dia estão sendo feitos atendimentos médicos, odontológico, vacinação, aferição de pressão, exames de vista, teste rápido de HIV, glicemia e hepatites B e C, confecção de documentos, atividades recreativas com as crianças, oficinas de Planejamento e aproveitamento de alimentos e pintura em tecidos. Todos são oferecidos gratuitamente.

 

As ações envolvem também  a secretaria de Assistência Social, que iniciou esta semana uma série de visitas domiciliares na região para realizar o atendimento a famílias que possuem crianças em situações de risco social e vulnerabilidade que participam do programa de Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

 

Além da orientação, as visitas auxiliam na atualização dos dados referentes ao trabalho infantil, bem como a atualização das informações constantes no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e a inclusão de outras famílias neste cadastro, que dá acesso a programas como Bolsa Família, Tarifa Social e Minha Casa Minha Vida. Este trabalho está sendo feito da mesma forma no Coxipó do Ouro e do Distrito da Guia e deve ser concluído no dia 9 de maio.

 

O subprefeito do Distrito do Aguaçu, Domingos Sávio, mais conhecido como “Savinho”, elogiou a iniciativa e relatou que comunidade está contente com a atenção. “Diariamente temos que lutar para que as condições de quem vive em comunidade rural melhore. O mutirão é bem-vindo e esperamos que aconteça mais vezes”, afirmou.

 

Vera Regina da Silva, de 39 anos, foi ao posto de atendimento do Sine para buscar informações sobre a confecção de uma nova carteira de identidade. “O meu documento está danificado e preciso de outro para usar. Como não tenho tempo e locomoção, vim resolver aqui mesmo e fui bem atendida”.

 

As crianças também puderam brincar, fazer pinturas no rosto e aprender um pouco mais sobre o trânsito fazendo um passeio virtual pelo portal do Detranzinho.  Samara Bezerra, de 7 anos, contou que se divertiu bastante e gostou muito da fazer a pintura. “Eu escolhi a borboleta, porque é colorida e é meu bicho preferido”.

 

Também estiveram presentes no mutirão o secretário-adjunto de Trabalho, Rodolfo Garcia, os diretores da secretaria de Trabalho e o superintendente da Secretaria Estadual de Assistência Social (Setas), Juliano Rebello. 

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros