Política Terça-feira, 11 de Outubro de 2011, 17:52 - A | A

Terça-feira, 11 de Outubro de 2011, 17h:52 - A | A

CAUSA PRÓPRIA

Vereadores de Cuiabá aumentam própria verba indenizatória de R$ 8 mil para R$ 15 mil

Na surdina, maioria dos vereadores aprovam lei de autoria da Mesa Diretora e de R$ 8 mil para R$ 15 mil; só vereadores Lúdio Cabral, Domingos Sávio e Toninho de Souza votaram em contrário

NOELMA OLIVEIRA

Mayke Toscano/Hipernotícias

Tonniho de Souza (foto), Domingos Sávio e Lúdio Cabral votaram contrários ao aumento da verba indenizatória

A Câmara de Cuiabá aprovou nesta terça-feira (11), à toque de caixa, o aumento em 87% da verba indenizatória dos vereadores da Capital. Dos atuais R$ 8 mil o valor sobe para R$ 15 mil, por mês.

O projeto de lei foi uma iniciativa da Mesa Diretora, sob a presidência do vereador Júlio Pinheiro (PTB).

Durante toda a manhã, o projeto foi mantido em sigilo para os jornalistas. Na pauta constavam apenas mudanças na lei.

Os vereadores Lúdio Cabral (PT), Toninho de Souza (PSD) e Domingos Sávio (PMDB) votaram contra.

O salário de um vereador por Cuiabá é R$ 10,1 mil, mais R$ 17 mil para contratação de pessoal, e agora se somam a este montante mais R$ 15 mil de verba indenizatória.

O projeto que não foi discutido publicamente foi incluindo na sessão ordinária da manhã desta terça-feira, em regime de urgência. Lúdio, que votou contra a mensagem, alega que a matéria “trata-se de legislar em causa própria, sem a devida publicidade e adotando um rito de urgência que não cabe ao conteúdo da matéria”.

Lúdio não vai aceitar o pagamento a mais. Ele vai formalizar à Mesa Diretora que não seja feito a ele o pagamento dessa verba adicional.

 

 

 

 

 

 

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

kleber 11/10/2011

Esta é nata da podridão politica municipal. Aprovaram há poucos dias o aumento de vereadores agora aumento dos "BENEFÍCIOS" que recebem mensalmente. Quanta BANDIDAGEM.

1 comentários

1 de 1

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros