Política Segunda-feira, 08 de Agosto de 2011, 15:00 - A | A

Segunda-feira, 08 de Agosto de 2011, 15h:00 - A | A

NOVA VERTENTE

Políca investiga se morte de prefeito tem ligação com assalto ao Banco Central de Fortaleza

Dolegado de Nova Canaã disse que ano passado Luizão foi ameaçado de morte porque planejava comprar imóvel tomado pela Justiça de um assaltanto do Banco Central, de onde roubaram R$ 164,7 milhões

DA REDAÇÃO

 

Secom/MT
Prefeito Luiz Cesar, o Luizão, de Nova Canaã, executado por pistoleito na noite do dia 5

 

A Polícia Civil de Mato Grosso admitiu nesta quarta-feira que já investiga a hipótese de o prefeito de Nova Canaã do Norte, Antônio Luiz César de Castro , o Luizão, 43 anos, ter sido executado por mando de um dos assaltantes do Banco Central (BC), em Fortaleza, ocorrido em agosto de 2005, quando foram roubados R$ 164,7 milhões.

Segundo a assessoria da Polícia Civil em Cuiabá, o delegado de Nova Canaã (699 km de Cuiabá), Rogério Malacarne, descobriu um registro de ocorrência feito pelo prefeito há cerca de um ano. No boletim de ocorrência consta que Antônio Luiz teria recebido ameaça de morte do suposto irmão de um dos assaltantes do BC.

Conforme o delegado, o prefeito se preparava para arrematar em leilão uma propriedade rural em Nova Canaã, que foi tomada pela Justiça porque pertencia ao assaltante do Banco Central. A família, segundo a assessoria da Polícia Civil, ainda não foi questionada em depoimento sobre esta nova informação. Ainda não foi informado se a compra foi realizada.

De acordo com a assessoria, o delegado Rogério Malacarne já iniciou investigações também de outras hipóteses, que são crime político ou realização de negócios. O prefeito foi morto com seis tiros de pistola, quando saía de uma confraternização no clube do município. O crime aconteceu na noite se sexta-feia (5)

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia


Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros