Sábado, 20 de Julho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,60
euro R$ 6,10
libra R$ 6,10

Polícia Segunda-feira, 24 de Junho de 2024, 10:41 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Segunda-feira, 24 de Junho de 2024, 10h:41 - A | A

INVADIRAM PROPRIEDADE

PMs, militar do Exército e outros dois comparsas são presos por ameaça e invasão de terra

Suspeitos armados chegaram na fazenda e tomaram metade da propriedade rural à força. Eles ameaçaram os funcionários e confiscaram seus aparelhos celulares

SABRINA VENTRESQUI
Da Redação

ATUALIZADA ÀS 13H37

Cinco criminosos foram presos por ameaça e tentativa de invasão de terras na manhã de domingo (23), em Novo São Joaquim (480 km de Cuiabá). Dentre os suspeitos, estão dois policiais militares, sendo um reformado e da ativa, além de um militar do Exército Brasileiro.

Segundo o boletim de ocorrência, equipes da Polícia Militar foram acionadas na manhã de domingo para atender um caso de ameaça e tentativa de invasão de terra. 

Quatro suspeitos armados chegaram à fazenda e tomaram metade da propriedade rural à força. Eles ameaçaram os funcionários e confiscaram seus aparelhos celulares. Após serem liberadas, as vítimas procuraram as autoridades e informaram as características dos suspeitos e o veículo que eles utilizaram para cometer o crime.

Em posse das informações, os policiais conseguiram encontrar o carro dos suspeitos na entrada da cidade.

Durante a abordagem, foram encontradas duas pistolas calibre 9mm e uma pistola calibre 38. Os quatro suspeitos foram presos em flagrante e apresentados à Delegacia da Polícia Civil para as providências cabíveis.

O quinto criminoso foi identificado posteriormente. Ele era caseiro da propriedade rural e ficou responsável por vigiar a propriedade rural depois que os criminosos saíram do local. A participação dos policiais militares no crime não ficou clara. 

OUTRO LADO

Por meio de nota, o 5º Comando Regional da Polícia Militar informou que não compactua com qualquer ação ilícita praticada por seus integrantes. Disse, também, que o caso está sendo tratado como uma ocorrência comum e tramita seguindo todos os procedimentos legais. A apuração será conduzida pela Polícia Civil. No entanto, um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) será instaurado para investigar a conduta dos envolvidos. 

Nota Oficial do 5º Comando Regional da Polícia Militar

O 5º Comando Regional da Polícia Militar informa que, durante uma operação em resposta a uma ocorrência de ameaça e tentativa de invasão de terra em Novo São Joaquim, cinco suspeitos foram presos em flagrante e apresentados à autoridade da Polícia Judiciária Civil. Entre os detidos, haviam dois policiais militares, sendo um da ativa e um reformado.

Ressaltamos à população que a Polícia Militar do Estado de Mato Grosso não compactua com qualquer tipo de ação ilícita entre seus integrantes. O caso foi tratado como uma ocorrência comum, seguindo todos os procedimentos legais, com a prisão dos suspeitos e a apreensão dos materiais ilícitos.

Por se tratar de um crime de natureza comum, cometido sem relação com a função dos policiais presos, a apuração será conduzida pela Polícia Judiciária Civil. Entretanto, será instaurado um procedimento interno para apurar também na esfera militar a conduta dos envolvidos.

A Polícia Militar continua dedicada a proteger a segurança pública e a integridade da comunidade, agindo com profissionalismo, ética, transparência e justiça.

ERRATA

Inicialmente, o HNT reportou que dentre os presos haviam dois militares, sendo um do Exército Brasileiro e outro da Polícia Militar. No entanto, são dois policiais militares e um agente do Exército Brasileiro. 

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros