Quarta-Feira, 26 de Abril de 2017, 07h:40

Tamanho do texto A - A+

Acusado achou cadela na rua e a levou para casa para fazer sexo

Por: JESSICA BACHEGA

O delegado Gianmarco Paccola, titular da Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), confirmou que a cadela que aparece sendo estuprada pelo universitário Emerson Fernandes Pedroso, em vídeo que circulou nas redes sociais, não era dele. O animal foi achado na rua e levado para a casa do acusado onde manteve o ato sexual com o animal sobre o vaso sanitário do banheiro.

 

Reprodução

emerson cadela

 

O estudante foi ouvido pelo delegado, por horas, e relatou ao policial como os fatos ocorreram e que desde que o a filmagem “vazou” vem sendo perseguido e sua casa chegou a ser invadida.

 

O delegado não quis manifestar detalhes sobre as investigações e o depoimento do rapaz, a fim de assegurar a tranquilidade nas apurações do fato. Ele também não explicou sobre a existência dos grupos de zoofilia do qual o estudante supostamente faz parte.

 

Gianmarco Paccola adiantou apenas que vizinhos nunca perceberam qualquer atitude suspeita do rapaz que pudesse sugerir a pratica de maus tratos com os animais.

 

Nesta quarta-feira (26), Emerson, que está preso provisório, deve ser ouvido novamente para que sejam sanadas algumas lacunas das investigações e conferido seguimento ao processo.

 

O delegado afirmou que, embora sejam comuns o aparecimento de denuncias na Dema sobre casos de relações sexuais de humanos com animais, eles são frequentes e também não são tão explícitos como foi o caso de Emerson, onde havia até mesmo a filmagem do ato criminoso. 

 

“Geralmente esses fatos ocorrem mais em áreas rurais e envolvem pessoas com menos esclarecimento. Caso como este não aparecem com frequência”, ressalta.

 

O caso

O rapaz aparece em imagens mantendo relação sexual com uma cadela. O vídeo circulou na semana passada nas redes sociais e causou revolta na sociedade e em diversas Organizações Não-Governamentais (Ongs) de proteção aos animais. O suspeito tem quatro cães, dos quais dois a Polícia Civil conseguiu resgatar na noite de sábado (22). A cadela que aparece na filmagem ainda não foi encontrada.

 

Leia também:

Estudante que filmou sexo com cadela se entrega e será indiciado por maus tratos

 

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Leia mais sobre este assunto