Sábado, 15 de Junho de 2024
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

00:00:00

image
facebook001.png instagram001.png twitter001.png youtube001.png whatsapp001.png

00:00:00

image
dolar R$ 5,38
euro R$ 5,76
libra R$ 5,76

Polícia Sexta-feira, 24 de Maio de 2024, 13:19 - A | A

facebook instagram twitter youtube whatsapp

Sexta-feira, 24 de Maio de 2024, 13h:19 - A | A

EM PLENA MANHÃ

Empresário é assassinado com sete tiros dentro da própria distribuidora

Homicídio pode ter sido motivado pela venda de cigarros no estabelecimento comercial, já que os criminosos estariam obrigando o comerciante a pagar uma porcentagem pelos produtos

SABRINA VENTRESQUI
Da Redação

O empresário Luiz Carlos Vieira dos Santos, conhecido como ‘Luiz da Tabacaria’, de 58 anos, foi assassinado a tiros na manhã desta sexta-feira (24), em sua distribuidora de bebidas, localizada na Avenida Ministro João Alberto, em Barra do Garças (511 km de Cuiabá). 

Segundo informações do site ‘Araguaia Notícia’, dois homens chegaram em um veículo Gol, entraram no estabelecimento comercial e mataram Luiz com sete disparos. 

Após o crime, os suspeitos fugiram de carro e ainda não foram localizados. 

Em entrevista ao Araguaia Notícia, o Capitão da Polícia Militar, Durões, afirmou que o homicídio pode ter sido motivado pela venda de cigarros no estabelecimento comercial, já que os criminosos estariam obrigando o comerciante a pagar uma porcentagem pelos produtos. 

“Essa questão de venda de cigarro é apenas uma hipótese, mas que vem se aprofundar nesse caso é a Polícia Civil. Nós continuamos com o serviço de inteligência da PM e pedimos apoio também da população. Se alguém tiver algum detalhe que ajude na identificação dos executores pode ligar de forma anônima no 190”, disse o militar.

Contudo, a motivação do crime ainda será apurada pela Polícia Civil, que assume as investigações do caso. 

Clique aqui  e faça parte no nosso grupo para receber as últimas do HiperNoticias.

Clique aqui e faça parte do nosso grupo no Telegram.

Siga-nos no TWITTER e acompanhe as notícias em primeira mão.

Comente esta notícia

Algo errado nesta matéria ?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros