Sexta-Feira, 06 de Outubro de 2017, 10h:45

Tamanho do texto A - A+

Cinco travestis são presas após confusão com cliente no Zero KM

Por: LUIS VINICIUS

Cinco travestis foram presas pela Polícia Militar após um desentendimento, com clientes de três delas, após acusação da prática de roubo. O crime aconteceu na manhã desta sexta-feira (6), em um motel no bairro Jardim Potiguar, região do “Zero Quilômetro”, bastante conhecida por ser grande ponto de prostituição e tráfico de drogas, em Várzea Grande.

  

trava1.jpg

 

De acordo com o boletim de ocorrência, policiais militares foram parados por uma mulher que dizia que a recepcionista de um motel pedia ajuda pois estava acontecendo um roubo dentro de um dos quartos do estabelecimento.

 

No local, os policiais encontraram um Fiat Uno de cor verde estacionado e um homem de 41 anos identificado como J.S.C., com a mão na boca e sangrando, cercado por três travestis impedindo sua passagem.

 

Aos militares, a vítima contou que as travestis havia tomado a chave de seu veículo e queriam todo o seu dinheiro.

 

Em seguida, uma das suspeitas disse que o homem estava mentindo e começou apontar o dedo xingando os militares.

 

Ao ver toda confusão, amigas das suspeitas foram ao local e os militares decidiram pedir reforço policial.

 

Ao todo, foram cinco travestis presas. Elas foram identificadas como, F. J. G., de 22 anos e C. A. C., de 26 anos, G. G. P., de 28 anos, F. G. J., de 20 e E. B. M., de 31.

 

As travestis foram levadas à Central de Flagrantes para registro da ocorrência.

 

No boletim, os policiais disseram que enquanto era presa, a suspeita de 28 anos a todo momento ameaçava os policiais, dizendo que iria acabar com a vida e profissão de todos.

 

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Avalie esta matéria: Gostei +9 | Não gostei - 10

Leia mais sobre este assunto